Esposa Infiel - parte XII

Estava muito excitada com a chegada do carnaval onde ia poder me deliciar nos bailes sentindo pênis de todos os tamanhos e para isso passei o dia todo no salão de beleza apesar de não precisar caprichei no visual com um corte de cabelo arredondado deixando meu rosto ainda mais belo sem modéstia pois papai do céu caprichou ao me fazer dando me um lindo corpo e rosto e com a idade fiquei muito mais bonita e gostosa.
Meu boizinho adora desfilar comigo ao seu lado e por ser muito sem vergonha sempre garanto uma boa transa para nos nós mais variados e inusitados lugares.
Estava pronta para sair quando ele recebeu um telefonema urgente de sua irmã pedindo sua presença na casa de sua mãe deixando me puta da vida mesmo porque a dias ele tem se fartado metendo com sua mamãe me deixando sem seu delicioso porrete.
Ele fez de tudo para ir com ele porem como estou de mal com minha sogrinha resolvi espera-lo em casa dando um prazo de duas horas avisando que não atenderia seu celular caso quisesse me engabelar.
Enquanto esperava sentei no pc de costa par rua na janela do segundo andar de minha casa que fica em frente a uma padaria muito freqüentada por garotos da alta burguesia.
Tentava não pensar em sexo quando recebi um e-mail de uma amiga com fotos dela lambendo minha sublinha de dezoito aninhos na casa de minha cunhada.
Vendo aqueles peitinhos apetitosos que cabiam perfeitamente em minha boca estremeci toda sentindo a calcinha molhada e gemi com um orgasmo tremendo quando minha sobrinha aparecia deitada de costas com as pernas abertas e com a mão escancarava sua boceta oferecendo para minha amiga lamber coisa que relutei em fazer a pedido de minha cunhada sua mãe que não queria que ensinasse essas coisa para sua filhinha.
Quando dei por mim estava com as pernas aberta uma em cada lado da mesa com a calcinha afastada para o lado me desfalecendo com as dedadas na boceta que parecia uma lagoa de tão molhada que estava.
Como já relatei anteriormente sofro de distúrbios sexuais chegando a gozar varias vezes sem mesmo me tocar e como sou muito sem vergonha imaginando que estava sendo observada levantei calmamente tirando a camiseta e calcinha virando de frente para a galera onde fingia arrumar o cabelo aproveitando para caminhar ate a sacada totalmente nua deixando que todos me vissem com alguns engraçadinhos me fotografando.
Sentia como que um vulcão na boceta com gozadas avassaladoras que me deixavam atordoadas com o êxtase do momento e num gesto de loucura fiz sinal para a rapaziada enquanto corria em direção a rua onde me entregaria a todos se possível ali mesmo no meio da rua.
Estava no quintal com a galera se amontoando em frente a grade quando tive um forte orgasmo que me fez cair deixando me molinha no chão por alguns minutos o que me fez recobrar os sentidos onde me recompus e corri para dentro de casa onde fui para o banheiro tomar um banho frio para me acalmar.
Ao ensaboar meu corpo com a água caindo nele senti os seios duros que ate doíam de tanto tesão por isso afundei os dedos na boceta e gemi alto gozando muito coma a mão praticamente toda dentro da boceta.
Após o banho senti que necessitava de uma boa transa por isso vesti uma minúscula calcinha vermelha com um short de malha e blusinha ambos vermelhos salto alto peguei meu carro e sai ignorando as inúmeras chamadas e mensagens de meu boizinho em meu celular.
Estava impossível dirigir sentindo o short atolado junto a minúscula calcinha na bunda deixando as polpas de fora e por ser exibicionista estacionei o carro numa rua qualquer peguei minha bolsa e sai caminhando sem destino sentindo a alma em brasa descarregando o fogo em minha boceta.
Estava desesperada para sentar gostoso num porrete e enquanto caminhava era cantada por muitos homens porem nenhum tomava a iniciativa de me comer ali mesmo se necessário fosse e quando num gesto de puro tesão e ousadia resolvi tirar o short antes porem resolvi atender o celular que tocava insistentemente dentro da bolsa.
Fiquei mais calma e tranqüila enquanto falava ao celular com minha dona aquele travesti que me defendeu num cinema no centro da cidade como já relatei anteriormente.
Ao informa-la onde e como estava ela pediu pelo amor dos deuses que não fizesse nada que me comprometesse pois precisava de mim naquela mesma noite.
Sentia os líquidos vaginais escorrendo pelas pernas quando corri para meu carro e voltei para casa e em poucos minutos ela chegou toda radiante vestindo um lindo macacão amarelo que em contraste com seu corpo deixava ela muito mais linda e gostosa.
Ao vela desce do carro corri em sua direção para me jogar em seus braços dando um delicioso beijo em sua boca deixando ela sentir todo meu tesão sem me importar coma a galera que fazia um grande alvoroço vendo nos atracadas uma na outra.
Calmamente ela saiu de mim pedindo calma mandando que me arrumasse pois tinha uma apresentação na Espanha a noite do dia seguinte e precisava de mim.
Ela estava preparando uma dose de bebida quando voltei de meu quarto com a mala em punho avisando que estava pronta comigo vestindo um sobre tudo por cima da pouca roupa que usava um leve toque na maquiagem e rumamos direto para o aeroporto.
No avião ela me catou de jeito comigo fazendo um escândalo enorme enquanto me enrabava no banheiro e quando saímos dali fomos repreendidas pela tripulação comigo disfarçando um choro avisando que minha sogra tinha falecido e minha amiga estava me consolando no banheiro.
Rimos muito já nos lugares onde gemi muito com seus dedos em mim e quando desembarcamos resolvi atender o telefone de meu boizinho que aos prantos avisou que minha sogra havia falecido e ele estava tentando falar comigo a dois dias.
Ele ainda falava quando o celular foi para o chão comigo sendo amparada por minha dona que depois de me reanimar avisou que nem pensasse em voltar deixando ela na mão caso contrario me arrebentaria na porrada ali mesmo e entre soluços ela me levou para aquela maravilhosa e conceituada casa de show.
A casa estava super lotada e enquanto ela se direcionava para os camarins fui levada para um camarote ao lado do palco onde estava cinco senhores e três travestis com um deles fazendo um delicioso boquete em um deles.
Ao ser apresentada beijei um por um na boca enquanto um dos senhores reclamava muito ao descobrir que eu não era travesti.
Com muita gentileza e educação que me é peculiar informei aquele senhor que era namorada da xx que se juntaria a nos após a apresentação.
Sentada numa poltrona toquei uma deliciosa siririca enquanto o travesti de nome Vanessa babava no pênis daquele senhor tendo um outro todo atolado em seu cu enquanto os outros dois senhores mamava gostoso os potentosos porretes dos travesti.
Em certo momento os três travestis vieram ate mim e após tirarem minha roupa se deliciaram com meu corpo mamando gostoso em meus seios enquanto outro lambia minha boceta e cuzinho fazendo me urrar de tanto prazer.com extrema facilidade fui colocada em cima de um deles que escorregou com muita facilidade pra dentro de mim enquanto outro se posicionou atrás de mim afundando seu mastro todo em meu cu enquanto me deliciava com o terceiro metendo fundo em minha garganta.
Juro que morri de tanto prazer enquanto eles metiam em mim ora com calma e delicadeza e em outro momento socavam com força deixando me extasiada.
O que estava em minha boca foi o primeiro a gozar enchendo a camisinha com uma quantidade fenomenal de porra e quando ele trocou rapidamente a camisinha se posicionando atrás de mim para meter seu porrete duro feito pedra em meu cu comigo aos berros com avassaladores orgasmos.
Estava toda mole e dolorida com os três travestis me comendo incansavelmente de muitos jeitos formas e maneiras e quando fui colocada em cima daquele porrete tive sua pica direcionada para meu cu enquanto beijava muito sua boca macia e sedenta onde com muita experiência sorvia toda minha língua deixando me maluquinha de tanto prazer apesar de ter as pernas dormente e a boceta ardendo muito.
Tentei sair dela que ao perceber minha resistência segurou me enquanto abafava meu grito com seu beijo enquanto ele saiu todo de meu cu para se ajuntar a outro porrete que vieram pra dentro do meu cu numa dupla penetração comigo aos prantos enquanto sentia eles me rasgando ao meio com seus pênis atolado em meu cu enquanto os cinco homens despejavam rios de porra em cima da gente com suas alucinadas punhetas.
Sentia me como que sendo dilacerada porem urrei de prazer quando eles anunciaram seus gozos com um deles mordendo meus seios enquanto outro estapiava meu rosto chamando me de puta devassa safada e outras coisa deliciosas fazendo me urrar caindo em seguida mortinha para o lado toda sua dolorida porem saciada.
Com muita dificuldade caminhei ate o banheiro de um dos camarins onde me banhei me recompus e ao descobri que um deles estava em viagem para o Brasil pedi carona em seu jato particular.
Após o show que não pude assistir minha dona veio ate nos informando o local da suruba logo mais a noite e enquanto todos rumavam para lá me desvencilhei deles e vim embora para casa onde encontrei meu boizinho triste e abatido que não me deixou se quer entrar em casa me esbofeteando na frente de todos os parentes e amigos me expulsando somente com a roupa e por sorte estava com minha mala.
Sai dali jurando a mim mesma nunca mais se quer olhar na cara desse filho da puta a não ser perante o juiz rumei para a casa daquele senhor que me atendeu alegremente deixando me a vontade em sua mansão no alto do Morumbi e como já tinha me comido gostoso na viajem de volta em seu jatinho particular calmamente me encaminhou para uma suíte onde delicadamente pediu que fizesse um striper para ele o que atendi prontamente e quando abriu os braços me chamando pra cama me lambeu toda dando total atenção para meus seios e boceta onde sorveu toda minha energia chupando como nunca havia sido chupada fazendo me desfalecer em sua boca com gozadas avassaladoras e quando montou em mim meteu de forma suave como quem tem todo o tempo do mundo fazendo me gemer muito em seu potente caralho.
Hoje vivo cercada de luxo com meu homem que atende todos meus pedidos porem não aceita de forma alguma me dividir com ninguém.
Estou resistindo o Maximo possível pois neste mundo de riqueza principalmente os homens acham que podem tudo e alguns engraçadinhos me cantam na cara dura.
Sei que não resistirei por muito tempo porem espero tratar com carinho e respeito a quem me acolheu sem cobrar nada em troca na hora que mais precisei.
Dias desses ele me ‘presenteou’com uma linda secretaria informando que fizesse com ela o que bem entender e ao perceber que havia um certo brilho em seu olhar aproveitei sua ida a Espanha a negócios e fiz minha ninfetinha se deliciar com minha boceta sedenta porem isso prometo contar em outra oportunidade.
Beijos a todos
Camille
camilledicarli@bol.com.br
 

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

This is the main driver

This is the main driver package for the MotionFlash USB 2.0 "6 in 1" card reader. Run this THEN plug in the unit. This is NOT necessary for Windows XP and ME. And apparently, in Windows 2000, you plug the unit in first.

Tesão

Estou delirando de tesão, preciso gozar varias vezes com alguem tão quente como voce

entre em contato

ótima putaria

Adorei, fiquei morrendo de vontade de te comer também.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4