Um dia de corno

O fato que vou narrar agora aconteceu comigo ano passado. Meu nome é Jony, sou casado há dez anos com a Shirley, ambos na faixa dos 30 anos de idade.Sempre tive vontade de ver ela com outro mais tinha medo das suas reações, sempre que lia relatos de cornos eu me exitava muito e me masturbava imaginando ela dando a buceta pra outro na minha frente. Antes de fazer amor com ela eu colocava filmes pornô para aquecer o ambiente e depois tranzavamos muito só que ela percebeu que quando eu colocava filmes com cenas de mulheres traindo seus maridos na frente deles eu me exitava muito mais e comia ela mais gostoso, foi aparti desse ponto que contei a ela que gostaria muito de ver ela com outro mais sem envolvimento algum e que nossas vidas continuaria normalmente.

A princípio ela não aceitou, disse que eu era louco mas com o passar do tempo ela ia me perguntando se isso realmente fosse acontecer como seria, com quem, como faria pra encontrar uma pessoa que topasse e não contasse nada pra ninguém e etc. Pois bém, começamos a aprofundar nossas conversas e ela me disse que estava curiosa e que se eu prometesse que depois que tudo jamais a deixaria, ela tranzava com outro na minha frente para realizar a minha fantasia e matar sua curiosidade. Comecei uma busca na internet em sites de sexo e também fiz um msn, procurei pretendentes nas cidades vizinhas e encontrei vários caras com quem fiz amizades e uma delas foi com o Carlos, um moreno de 28 anos. Nós conversava-mos os três no msn e ele mostrava a vontade e o tezão de comer a minha mulher, um certo dia ele mandou um e-mail com uma foto de pau duro, era enorme, mostrei a ela e perguntei se gostou, ela respondeu ;... amor é do jeito que eu gosto. Fiquei louco de tezão e tratei de marcar logo o nosso primeiro encontro para o próximo final de semana, combinamos que seria na sua cidade que fica a 130 km da nossa pois lá ficaríamos mais a vontade.

Chegado o dia combinado fizemos as malas, pegamos o carro e partimos, era uma sexta-feira e chegamos por volta da 15:00 hs, quando chegamos no centro da cidade ligamos para o Carlos e ele disse que estava nos esperando enfrente ao banco do brasil, chegando lá estacionei o carro e descemos, ele veio em nossa direção e nos comprimentou, me deu um aperto de mão e em seguida foi comprimentar a Shirley, deu dois beijos no rosto e um abraço e disse que estava acompanhado de um amigo e que iria dizer a ele que iria com a gente para sua casa, que nós eramos velhos amigos e ficaríamos hospedados na sua casa já que ele é solteiro e mora sozinho. Enquanto ele foi falar com seu amigo minha mulher me disse que no abraço deu pra sentir que ele estava de pau duro e que teve uma sensação gostosa ao sentir a rola dele. Ele voltou, entramos no meu carro e seguimos para sua casa que ficava próximo, chegando lá tiramos as malas e entramos na casa, ele nos mostrou o quarto onde nós ficaríamos e foi fechar as portas da casa, quando voltou ele nos mostrou a suíte do quarto e perguntou se agente queria tomar um banho e eu respondi que seria bom que nós três tomassemos banho mais um de cada vez, ele respondeu tudo bém você deve saber o por que, a primeira a entrar no banheiro foi a Shirley, eu e carlos ficamos conversando na cama, eu disse a ele que o próximo a tomar banho seria ele e depois eu e quando eu voltasse do banho já queria ver os dois se comendo e ele gostou da idéia.

Quando voltei do banho me deparei com a Shirley de baby dool sentada na lateral da cama batendo uma punheta no pau do Carlos que estava nú em pé na sua frente, me sentei em uma cadeira, tirei a toalha e comecei a bater uma deliciosa punheta, a Shirley olhou pra mim e disse ;... Amor estava esperando só você chegar... e em seguida colocou a pau de Carlos na boca e começou a chupar, chupava como se fosse a última rola do mundo, olhava pra mim com cara de safada, passava a língua nas bolas e na cabeça do pau dele e em seguida disse;... Amor olha que rola gostosa ele tem, veja como é grande e grossa, quero que ele enfi todinha dentro de mim.... Depois disso Carlos se ajoelhou entre as pernas da minha mulher e retirou a sua roupa, em seguida deu um demorado beijo de língua na boca dela, foi descendo pelo pescoso e chupou seus seios com vontade, depois foi descendo até encontrar a sua buceta, ele chupava ela com vontade e ela precionava a cabeça dele na sua buceta e esfregava até que gozou na boca dele. Há essa altura eu estava me acabando na punheta assistindo a tudo. Depois disso a minha mulher olhou pro Carlos e disse;...Agora quero que você enfi toda essa rola dentro da minha buceta e me coma bém gostoso para o meu corno ver, ele adora ser corno e ver um macho me comendo... Em seguida ficou de quatro em cima da cama e empinou a bundinha pro Carlos comer, eu peguei uma camisinha e dei pra ele que não perdeu tempo, vestiu sua rola e enfiou tudo na buceta da minha mulher, ela gemia muito e dizia; .....

Tá gostando corno de ver sua mulher dando pra outro, a rola dele é uma delícia, olha como é que come uma buceta.... Em seguida eles resolveram mudar de posição, Carlos deitou na cama e a Shirley foi por cima dele, cavalgava feito um égua pulando no pau dele, depois ela deitou de lado e ele enfiou nela por tráz e ficaram tranzando e olhando eu batendo minha punheta, era muito gostoso ver aquilo tudo. Em seguida ela se levantou e veio até onde eu estava, se enclinou um pouco e começou a me beijar, Carlos veio por tráz dela e em pé mesmo enfiou na sua buceta, fiquei chupando seus peitos e ela foi no meu ouvido e perguntou; ....Amor quero gozar, como é que você quer que agente goze ? Eu respondi;..... Fica a critério de vocês.... Ela me disse;.... Tá bom mas antes de gozar vou te fazer uma surpresa e sei que vai gostar.... Em seguida se ajoelhou na frente do Carlos, tirou a camisinha da sua rola e começou a chupar bém forte, tentava engolir tudo, pensei que ela queria uma gozada na boca mais depois veio a surpresa, ela chupou mais um pouco, veio até a mim e me deu um beijo na boca e disse baixinho no meu ouvido;.... Não é uma delícia ?..... Depois disso ela deitou de costas na cama, abril as pernas, mandou Carlos colocar outra camisinha e ir pra cima dela pois queria gozar, Carlos fez tudo que ela pediu, foi pra cima dela e enfiou tudo, ela gritava e gemia;.... Me come meu macho, me faz gozar, só que eu vou gozar sozinha e você goza batendo uma punheta nos meus peitinhos, tá ?....

Carlos atendeu mais uma vez, acelerou a tranza metendo tudo, com força, entrava tudo e ela gozou feito uma louca, em seguida foi a vez do Carlos gozar, ele retirou a camisinha e colocou seu pau no meio dos seios da minha mulher, começou a esfregar e bater um leve punheta e em seguida esporrou um rio de esperma nos seios da minha mulher e dizendo que ela era muito gostosa, em seguida carlos foi tomar banho, eu estava me preparando para gozar quando a Shirlei olhou pra mim e disse;... Vem gozar aqui também..... Eu me aproximei e ela disse;... Só que antes você vai ter que limpar tudo... Pensei em pegar uma toalha mais ela segurou minha mão e disse;.... É pra limpar com a língua pra sentir o gosto do pau dele......Obedeci e limpei tudo e em seguida gozei em cima dela.

Depois fomos tomar banho, nos vestimos e fomos passear, quando voltamos para casa para dormir já era noite e eles queriam mais, só que essa história eu conto na próxima.

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
4 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4