Minha mulher deu pro Marcos

Meu nome é Jony e sou casado com a Shirley há dez anos, sou corno e adoro ver ela dando pra outro na minha frente. Em mais uma de nossas aventuras entramos em contato com um amigo nosso, o Marcos, que mora em uma cidade próxima a da gente, liguei pra ele e disse que minha mulher estava doida para dar pra ele na minha frente e perguntei se ele queria comer ela para eu ver, ele concordou e disse que em uma hora estaria em nossa cidade e pediu para eu ir buscá-lo no terminal rodoviário. Peguei o carro e fomos para lá esperar o nosso amigo. Depois de algum tempo o ônibus chegou, ele desembarcou e veio até nós, me deu um aperto de mão e um abraço na Shirley e perguntou qual era programação, eu disse a ele que o motel nos esperava, entramos no nosso carro, eu e a Shirley nos bancos da frente e ele no banco de tráz, levantamos os vidros com película para ninguém nos ver e fomos para o motel.

O tesão era grande e no caminho mesmo peguei a mão da Shirley e coloquei em cima do meu pau que estava quase estourando a minha calça, nosso amigo vendo isso começou a acariciar os seios da Shirley, ela levantou um pouco a blusa e pediu pra ele chupar seus seios, eu quase não conseguia dirigir com tanto tezão, com uma mão dirigia e com a outra abri a minha calça e comecei a bater uma punheta, a Shirley olhou pra mim e perguntou ;..... Amor posso ir pro banco de tráz ? Eu repondi que sim e ela não perdeu tempo, pelo retrovisor eu via os dois no maior amasso, se beijando e se esfregando um no outro. Anunciei que estavamos chegando ao motel e a Shirley voltou para o banco da frente. Entramos no motel e fomos para uma suíte, fui pro banheiro tomar banho com a Shirley depois foi a vez do Marcos, depois do banho voltamos só de toalha, deitamos na cama os trê, a Shirley deitada no meio de nós dois, colocamos um filme pornô e ficamos assistindo, não demorou muito e o tezão começou a aparecer. Eu e o Marcos começamos a bater uma punheta, a Shirley retirou a toalha e ofereceu seus seios para nós chupar o que fizemos com vontade, o Marcos desceu mais em baixo, abriu as pernas da minha mulher e começou a chupar sua buceta, ela começou a gemer e a precionar a cabeça dele contra sua buceta, ele chupava com vontade, até que ela gozou na cara dele.

Eu como gosto de observar, me afastei um pouco, me sentei em um banquinho e comecei a bater uma punheta. O Marcos ficou em pé em cima da cama, a Shirley se ajoelhou e começou a chupar o pau dele que era enorme, quase que a cabeça não entrava na boca dela que tentava engolir tudo, punhetava o pau dele e lambia suas bolas, pegava a cabeça do pau dele e passava no biquinho dos seios depois voltava a chupar de novo. Eu peguei uma camisinha e dei pra ele que tratou logo de colocar na sua rola, minha mulher ficou de quatro e disse; .... Marcos enfi essa rola todinha dentro da minha buceta e me coma gostoso para o meu corno ver, ele adora ser corno, Marcos se ajeitou por tráz da minha mulher e meteu tudo na buceta dela, eu assistia a tudo batendo uma gostosa punheta, ela olhava pra mim e dizia;.... Olha amor como é que come uma buceta, a rola dele é uma delícia, tá me comendo gostoso, em seguida Marcos se deitou de costas na cama e a Shirley foi pra cima dele, colocou o pau dele dentro da sua buceta e começou a cavalgar pulando em cima daquele pau enorme, ele metia nela e chupava seus seios, ela delirava de tezão,depois disso, ela deitou de lado e ele meteu por tráz, segurando seus seios e beijando sua boca, ela morrendo de tezão pedia a ele;.... Mete tudo meu macho, enfia tudo, mete com força, me arromba na frente desse corno, ahahhaahhahaa, Quando ouvi isso quase gozei naquela hora.

Depois disso eles deram uma pausa na tranza, ele foi pegar uma bebida e ela veio até onde eu estava, se aproximou e disse;.... Amor quer chupar minha buceta agora ? E eu respondi que sim, ela se sentou no banquinho e abriu as pernas, eu me sentei no chão e comecei a chupar sua buceta, Marcos se aproximou de nós, retirou a camisinha e deu seu pau pra ela chupar, era muito gostoso chupar aquela buceta vendo bem de pertinho a Shirley com o pau do Marcos todinho dentro da sua boca, em seguida a Shirley parou de chupar o pau do Marcos e mandou ele colocar a camisinha novamente, enquanto isso, ela pegou no meu rosto e me deu um beijo gostoso de língua e perguntou baixinho no meu ouvido;..... Sentiu o gosto do pau dele ? Não é uma delícia ? Eu nada falei, em seguida, eu me sentei no banquinho para bater minha punheta mas a Shirley veio até a mim e sentou no meu colo, olhou pra mim e disse;.... Abra minhas pernas e deixe minha buceta arreganhada para o Marcos meter, e assim eu fiz, ela sentada no meu colo, segurei suas pernas e abri, o Marcos veio, ficou entre suas pernas e meteu tudo, eu segurava ela pelas pernas e ele metia tudo, em seguida, ela resolveu mudar de posição, eu estava sentado no banquinho e ela ficou em pé na minha frente e deu seus seios para eu chupar, enquanto eu chupava seus seios Marcor veio por tráz e em pé mesmo meteu seu pau na buceta da minha mulher, ele metia forte e ela gemia de prazer, ela abaixou um pouco a cabeça e começou a chupar meu pau e eu abria sua bunda com minhas mãos pro Marcos meter, em seguida, ela anunciou que queria gozar e foi pra cama, deitou de costas, abriu as pernas e chamou o Marcos dizendo;.....

Vem meu macho, mete na minha buceta e me faz gozar, Marcos foi pra cima dela e começou a meter forte, ela gritava e gemia muito, não aguentando mais ela gozou com o pau do Marcos enfiado na sua buceta, em seguida, ele retirou o pau de dentro da buceta dela, tirou a camisinha, bateu uma leve punheta e gozou em cima da barriga dela, depois ele deu um beijo nela e foi tomar banho, eu que atá aquele momento batia uma punheta fui até ela e comecei a lamber sua buceta, limpando tudo, ela me pegou pelos cabelos e fez eu limpar também o esperma do Marcos que estava em cima da sua barriga, limpei tudo e me preparei para gozar, coloquei o pau na sua buceta, dei algumas estocadas e gozei dentro dela, enchendo sua buceta com meu esperma, foi muito gostoso. Depois disso tomamos banho e fomos deixar o Marcos no terminal rodoviário para ele pegar o ônibus para a sua cidade e nós voltamos para casa felizes e satisfeitos.

Até a próxima.

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4