À 3 é bom melhor

Meu nome é Carlos e o que vou relatar agora é fruto de uma experiência maravilhosa que me aconteceu por esses dias.
Eu sempre fui um cara aberto a tudo o que é de bom na vida, principalmente no sexo, podendo até dizer-se que sou ativo-liberal. Tenho um grande amigo que é gay e a nossa amizade está acima de tudo e foi numa sexta-feira dessas da vida que pude comprovar que realmente nossa amizade está realmente acima de tudo.

Estava voltando do trabalho já de noite e já perto de casa resolvi beber uma cerveja, pois afinal a sexta-feira foi inventada pra isso. Para minha grande surpresa, quando cheguei no bar encontrei esse meu amigo já sentado tomando uma cerveja com uma suposta amiga que sinceramente era uma gata pra ninguém botar defeitos. Nem precisaram me convidar pra sentar, já fui logo pegando uma cadeira e pedindo outra.

O assunto estava muito interessante, conversávamos sobre banalidades do dia-a-dia e ela se mostrava muito simpática, acho que nem percebeu que eu estava interessado nela e foi quando meu amigo se ligou no meu interesse nela e a chamou para ir ao banheiro com ele. Eu, como não sou bobo e nem nada já sabia que ele estava falando sobre mim com ela e deixei as coisas acontecerem. Então, ele retornou do banheiro só e eu logo fui perguntando sobre o conversado, e ele me disse que realmente poderia até acontecer algo, mas que dependeria de uma pequena condição: que saíssemos à 3. Isso pra mim foi um back, pois jamais imaginaria que meu amigo tivesse interesse em mim, pois sempre rolou muito respeito entre nós. Caros leitores entendam que não aceitei a proposta pelo efeito da bebida, mas sim por estar a fim de novas experiências e principalmente por estar louco pra meter com ela.

Então quando ela estrategicamente retornou para a mesa meu amigo foi logo dizendo que tinha uma garrafa de wisky em casa e que poderíamos ir pra lá pra ficarmos mais à vontade. Pagamos a conta e fomos direto pra casa do meu amigo.
Quando chegamos lá, nos sentamos e começamos a beber novamente. Já com a garrafa quase no fim, ela resolveu ir tomar um banho, pois já estávamos meio altos sob o efeito da bebida e até então não tinha rolado absolutamente nada. Nesse ínterim meu amigo colocou uma musica lenta e suave para relaxarmos. –estava chegando a hora, pensei.

Pasmei quando ela voltou só com uma toalha enrolada no corpo e meu pau que estava adormecido já deu logo um pulo e focou duro feito pedra. Então meu amigo que era gay ou sei lá se é, deu beijo nela na minha frente o que me deixou com mais tezão ainda e foi quando eu resolvi participar do beijo á 3 que foi outra experiência muito legal pra mim, apesar de nunca nem ter passado pela minha cabeça beijar outro homem. Terminado o beijo, meu pau já não estava mais cabendo dentro das calças. Meu amigo foi tomar banho e eu fiquei só, com aquela maravilha de mulher só pra mim, mas tamanha foi a minha surpresa que ela naquele momento só queria me beijar e ficava me dizendo que o melhor ainda estava por vir. Na verdade eu já até imaginava o que iria acontecer, mas deixei as coisas acontecerem. Quando eu já não estava mais agüentando meu amigo saiu do banheiro enrolado na toalha também. Tão logo ele saiu, eu entrei. Pensei até em tocar uma punheta no banheiro temendo não agüentar o que estava por vir e gozar logo, mas decidi que tentaria agüentar.
Tamanha foi a minha surpresa quando saí do banheiro e vi a cena:

Ela deitada na cama de pernas abertas e o meu amigo chupando a boceta dela e o mais intrigante: meu amigo estava com uma minúscula calcinha vermelha completamente enterrada na cuzinho. Um dos maiores fetiches que tenho é ver uma calcinha enterradinha num cuzinho. Nunca tinha notado que meu amigo tem uma bundinha linda e aquela cena me deixou tarado principalmente porque aquela calcinha caiu como uma luva naquela bundinha. Confesso que fiquei meio que sem saber o que fazer. Meu pau já estava babando e doendo de tão duro. Então ela me pediu pra me deitar na cama e relaxar. Deitei e ela imediatamente botou a xota na minha cara e o meu amigo começou a me chupar, mas que delicia!

Confesso que não demorei muito e gozei gostoso na boca do meu amigo. Ele se retirou pra ir ao banheiro e ela se levantou da minha cara e começou a chupar o meu pau gozado e em questão de minutos ele já estava duro como pedra novamente. Na hora em que o meu amigo voltou do banheiro, ele resolveu participar novamente da brincadeira me chupando novamente junto com ela. Que sensação maravilhosa ter duas bocas chupando o meu pau ao mesmo tempo...

Quando eu já estava no ponto novamente, meu amigo pegou uma camisinha e carinhosamente colocou no meu pau com a boca e achei que era pra ela sentar. Só sei que quando me dei conta, ele estava de costas pra mim sentado no meu pau que entrava e saia num ritmo alucinante. Ele tem um cuzinho muito gostoso, quentinho e apertadinho... Enquanto isso ela estava se deliciando chupando meu peito. Jamais senti uma sensação tão gostosa e maravilhosa quanto aquela. Depois que ele se fartou de tanto sentar no meu colo e de tanto tomar no cuzinho, foi a vez dela. Troquei a camisinha pedi pra ela ficar de 4 e meti muito gostoso naquela bocetinha meladinha. Enquanto eu metia, meu amigo ficou de frente pra ela e ofereceu a rola pra ela chupar. Que cena maravilhosa... depois pedi pra comer o cuzinho dela, ela disse que sim, mas que eu teria que ser muito carinhoso. Pedi pra ela deitar na cama de bruços que eu iria meter bem devagarzinho. Eu adoro essa posição. Gosto de sentir alguém embaixo de mim indefeso. Empurrei bem devagar e quando entrou a cabecinha ela deu um gemidinho tão gostoso que quase gozei novamente. Depois que entrou tudo, eu comecei a bombar de leve a fim de curtir muito aquele cuzinho maravilhoso. Lembro-me que quando eu estava metendo no cuzinho dela senti que meu amigo passou a mão na minha bunda. Pra ser sincero não me agradou muito, mas como eu estava totalmente embriagado de tezão e estava de certa forma com a bunda pro alto quase de que 4 não esquentei muito a minha cabeça. Queria mesmo era curtir cada momento daquela maravilhosa brincadeira. Na verdade estava mais interessado em meter gostoso naquele cuzinho apertadinho, e o que viesse a acontecer seria fato. Como o safado do meu amigo viu que eu não esquentei a minha cabeça, resolveu ser um pouco mais ousado e sem que eu notasse passou pra trás de mim e começou a lamber o meu cuzinho.

Não entendi muito bem, mas devo admitir que foi uma sensação muito boa estar comendo alguém na posição que mais gosto e ao mesmo tempo estar levando linguadas no cuzinho. Então meu amigo me disse: -bem, já que você gosta tanto de comer cu, talvez seria a hora de você experimentar pra ver como é bom dar. Eu na mesma hora disse que não tinha nada a ver, mas foi da boca pra fora naquele momento me deu vontade de experimentar. Devido à posição em que estávamos, ele tinha o meu cu a disposição e continuou lambendo. Foi quando ele começou a passar o pau na portinha do meu cú. Confesso que foi uma sensação legal não sei se por estar com muito tezão ou se por estar curioso. Afinal, pra mim sexo é prazer em todos os sentidos e eu sinceramente não acho que vou deixar de ser homem por esse motivo. Então meu amigo na verdade estava lubrificando o meu cu com saliva quando estava passando a língua. Ele foi brincando e forçando a entrada bem devagar. Dizem que é a pior sensação do mundo quando se dá pela primeira vez, mas sinceramente eu estava tão tomado de tezão que nem doeu. Setí uma pressão, mas não doeu tanto como dizem.Ele foi bombando devagar no movimento de entra e sai até que entrou tudo. Foi outra cena maravilhosa eu engatado nela e ele engatado em mim num tezão louco. Quando não agüentei mais, explodi de gozo dentro do cuzinho dela e devido às contrações, meu amigo também gozou dentro do meu cu. O mais engraçado é que eu e meu amigo gozamos mas nossos paus não amoleceram. Ficamos cansados, mas por algum motivo queríamos mais. Saímos um de cima do outro e deitamos pra descansar um pouco. Depois de uns 10 minutos, ela foi tomar uma ducha e logo depois meu amigo foi também. Como estavam demorando e eu também queria tomar um banho levantei e fui até o banheiro. Vi outra cena no mínimo interessante: estavam os dois no chuveiro com ela de costas e ele metendo gostoso nela em pé. Achei aquela cena interessante. Voltei pro quarto, coloquei uma camisinha e fui participar da festa. Pedi pro meu amigo continuar metendo nela enquanto eu metia nele em pé. Tive muita dificuldade pra conseguir encaixar no cuzinho dele e quando conseguia saia a toda hora. Desisti, arranquei a camisinha e pedi pra ela me chupar, pois queria gozar na boca dela. Foi o que ela fez e eu gozei gostoso mais uma vez.

Saímos do banheiro e fomos dormir os 3 na mesma cama. Acordamos no sábado com uma tremenda ressaca, mas satisfeitos com o que tínhamos feito. Fizemos isso outras vezes, mas a primeira vez sempre marca.

Procuro por MULHERES, CASAIS BÍ ou TRAVESTÍS que gostem de curtir o melhor da vida. Tenho muito tezão e não tenho frescuras entre 4 paredes. Se você se enquadra no que procuro, me escreva e iremos brincar muito. Moro no RIO DE JANEIRO.

Carlos_32_rj@hotmail.com

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

Delicia de conto! Adoramos

Delicia de conto! Adoramos essa brincadeira com um amigo bem safado e liberal. .. Somos de Santos/SP, mas nada é impossível! Bjs

conto legal

olha so que conto sacaninha !! he he eh

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
7 + 4 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4