Maite Schneider conversa com o elenco da peça Minimo Contato

Maite Schneider entrevista os atores Michelle Pucci e Otávio Linhares e também o diretor e autor da peça "Mínimo Contato" - Alexandre França.

Gravação e Pauta - Fernando Cardoso
Produção: Serafim Companhia Teatral

 

 

Clique na foto pequena para ve-la maior
maiteschneider0001.jpg (406276 bytes) maiteschneider0002.jpg (367039 bytes) maiteschneider0003.jpg (132956 bytes) maiteschneider0004.jpg (184289 bytes) maiteschneider0005.jpg (272770 bytes)
maiteschneider0006.jpg (211338 bytes) maiteschneider0007.jpg (295707 bytes) maiteschneider0008.jpg (316041 bytes) maiteschneider0009.jpg (164161 bytes) maiteschneider0010.jpg (134921 bytes)
maiteschneider0011.jpg (131373 bytes) maiteschneider0012.jpg (196737 bytes) maiteschneider0013.jpg (193120 bytes) maiteschneider0014.jpg (268260 bytes) maiteschneider0015.jpg (284613 bytes)
maiteschneider0016.jpg (278831 bytes) maiteschneider0017.jpg (230024 bytes) maiteschneider0018.jpg (265176 bytes) maiteschneider0019.jpg (54320 bytes) maiteschneider0020.jpg (94670 bytes)
maiteschneider0021.jpg (202607 bytes) maiteschneider0022.jpg (109767 bytes) maiteschneider0023.jpg (130839 bytes) maiteschneider0024.jpg (110710 bytes) maiteschneider0025.jpg (111148 bytes)
maiteschneider0026.jpg (107648 bytes) maiteschneider0027.jpg (126213 bytes) maiteschneider0028.jpg (120098 bytes) maiteschneider0029.jpg (104617 bytes) maiteschneider0030.jpg (109743 bytes)
maiteschneider0031.jpg (119244 bytes) maiteschneider0032.jpg (107056 bytes) maiteschneider0033.jpg (102472 bytes) maiteschneider0034.jpg (113410 bytes) maiteschneider0035.jpg (118682 bytes)
maiteschneider0036.jpg (120617 bytes) maiteschneider0037.jpg (116161 bytes) maiteschneider0038.jpg (112202 bytes) maiteschneider0039.jpg (121546 bytes) maiteschneider0040.jpg (119999 bytes)
maiteschneider0041.jpg (123588 bytes) maiteschneider0042.jpg (122445 bytes)

 

CONTATO MÍNIMO

Com Michelle Pucci e Otavio Linhares
Texto e direção: Alexandre França

A nova montagem da Dezoito Zero Um -- Cia de Teatro (ganhadora do Troféu Gralha Azul 2010 na categoria revelação/direção)

Mínimo Contato, teve estréia nacional no Festival de Curitiba dentro da mostra Novos Repertórios. A peça fala sobre a contemplação da tortura no mundo atual, onde o individualismo impera nas relações sociais.
.
Dois indivíduos, que não se conhecem, começam um diálogo insólito sobre algo que aconteceu no passado. A partir daí, um inventário de torturas físicas e psicológicas é colocado ao expectador num espaço onírico, no qual percebemos um embate entre subjetividades e pontos de vistas diferentes.
.
Agressor e vítima se defendem e se confundem um com o outro, numa disputa por poder, através de diferentes linguagens, num jogo de desconstrução próprio da lógica dos sonhos. Aqui, o discurso do agredido é relativizado e colocado frente aos costumes e vícios da contemporaneidade, onde assistimos diariamente ao espetáculo da tortura alheia propagado pela televisão e pela internet.
.
Michelle Pucci e Otavio Linhares integram o elenco da peça, que dá continuidade à pesquisa realizada pela companhia acerca de novas linguagens dramatúrgicas. Partindo de referências que vão desde o diretor alemão Michel Haneke, até a sádica animação da internet Happy Tree Friends, Mínimo Contato nasceu de um diálogo entre o autor e diretor Alexandre França e a atriz Michelle Pucci, que na época fez uma encomenda de um monólogo à França, usando como ponto de partida a desconstrução de fábulas antigas.
.
"A Michele me deu algumas referências que achei essenciais para a construção do texto, como a pintura de uma criança chorando sangue, e uma conversa que tivemos sobre a crueldade das antigas fábulas infantis. Achei que era natural o texto desembocar para a tortura provocada por crianças, num ambiente escolar", diz Alexandre.
.
A peça, que é ambientada numa espécie de escola descontruída, trás à tona também a questão do bullying na infância. "tentamos colocar em discussão os limites que existem entre a maldade infantil e a ingenuidade que há em muitas destas brincadeiras cruéis, próprias da infância", diz o ator Otavio Linhares.
. .
FICHA TÉCNICA
Com Michelle Pucci e Otavio Linhares
Texto e direção: Alexandre França
Iluminação: Karol Gubert
Cenário e figurino: o grupo
Cenotécnico: Nautílio Portela
Fotos: Olivia D'Agnoluzzo
Design gráfico: Diego Fortes
Realização: Dezoito Zero Um - Cia de Teatro

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
5 + 15 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4