O leiturista da companhia eletríca - parte II

Bom dia para todos ! Meu nome é Shirley, sou morena baixa, na faixa dos trinta anos, realmente casada há 13anos com Jony, formamos um casal liberal, gostamos muito de sexo e de realizar as nossas fantasias, temos várias amizades sigilosas e seguras com casais e homens e é através delas que sempre que aparece uma oportunidade estamos fazendo o que mais gostamos; realizando fantasias com sigilo e segurança.

O que vou contar agora pra vocês é apenas a parte II do último relato que postei juntamente com meu marido, que tinha como titúlo; O LEITURISTA DA COMPANHIA ELÈTRICA, nesse conto eu narrei como conheci o Cris, o leiturista que todos meses vinha a minha casa anotar a leitura, como o medidor ficava dentro de casa eu tinha que abrir a porta pra ele entrar, sempre que ele vinha eu estava sozinha, aos poucos fomos ficando amigos íntimos e não demorou muito pra rolar sexo, contei tudo pro Jony, meu marido, que uma certa vez chegou a assistir eu tranzando com o Cris escondido atrás da cortina da sala, meu marido adora ser corno e com o passar do tempo foi me pedindo para convencer o Cris a tranzar comigo na sua frente, pois bem, eu como sou uma esposa muito obediente ao meu marido fui aos poucos conversando com o Cris sobre o assunto toda vez que agente ficava junto, a princípio ele quis se recusar, não queria acreditar, ele sentia uma mistura de medo e timidez mais eu lhe transmiti segurança e ele acabou aceitando, Cris queria ter certeza de que tudo era real e me pediu o número do celular do Jony, meu marido pois ele queria ouvir dele se realmente tudo que eu disse a ele era verdade.

Na sexta- feira a noite, o Cris ligou para o Jony e ele confirmou tudo, Jony disse ao Cris que há tempos sabia do que rolava entre nós dois, que ele era corno manso assumido, que gostava de ver a mulher dando pra outro homem, que fosse uma pessoa educada, sigilosa e confiável pois nós gostavámos de fazer sexo saudável, com confiança em ambos, depois de ouvir isso, Cris queria vir a nossa casa naquela noite mesmo mais nós marcamos para o dia seguinte, no sábado, após o meio-dia. Chegando o dia e hora combinada eu e o Jony estávamos prontinhos, eu estava com um vestinho curto semi-transparente sem nada por baixo, ele chegou, entrou, nos cumprimentamos e fomos para a sala de jantar, sentamos na mesa e começamos a tomar umas cervejinhas e a conversar, o assunto foi evoluindo até chegar em sexo e putaria, o clima foi esquentando, Jony já apertava seu pau por cima do seu short e eu já não aguentava mais,estava exitada, louca por um pau duro dentro da minha buceta, então olhei pro Jony, meu marido e disse;.... Estar pronto amor para realizar a sua fantasia ? Fica sentadinho ai nessa cadeira e assisti a tudo. Depois disso, eu me levantei e fui em direção do Cris, me abaixei por baixo da mesa, entre suas pernas, puxei seu short/cueca, peguei aquele pau duro e comecei a chupar,a princípio Cris ficou meio sem geito olhando pro Jony , meu marido, que logo puxou uma cadeira para próximo de nós para assistir de pertinho, eu chupava com vontade, tentava engolir tudo que podia, Cris foi se soltando e precionava minha cabeça contra seu pau fazendo entrar tudo, sentia a cabeça da sua rola tocando minha garganta, em seguida chupei as bolas punhetando seu pau ao mesmo tempo, Cris delirava com a minha chupeta, o pau dele pulsava dentro da minha boca, estava duro feito ferro, em seguida, eu fiquei de pé e me sentei em cima da mesa, de pernas abertas, em frente a cadeira em que o Cris estava sentado, ele retirou sua camisa e se enclinou um pouco, abriu minha buceta e começou a chupar, passava a língua no clítores e depois enfiava no fundo da minha buceta, a língua dele era uma delícia, eu gemia de tezão, Jony, meu marido, assistia a tudo se acabando na punheta, sua língua era tão gostosa que depois de alguns minutos eu acabei gozando em seu rosto pela primeira vez, em seguida, ele ficou em pé entre minhas pernas, vestiu uma camisinha em seu pau e colocou ele na entrada da minha buceta depois foi enfiando lentamente até entrar tudo, eu retirei o meu vestido e ofereci meus seios pra ele chupar, em seguida ele me agarrou e começou a meter na minha buceta, o pau dele era uma delícia, a sensação era muito gostosa, quando ele metia fundo eu cravava minhas unhas em suas costas e gemia feito uma cadela, Jony batia punheta a mil pro hora e pra deixar ele louco de tezão eu dizia;..... Ta gostando amor de ver sua mulher dando a buceta pra outro ?

Olha e aprende como é que come uma buceta de verdade, Jony revirava os olhos de tezão, depois disso, Cris se sentou na cadeira e eu fui pra cima dele, sentei no seu pau de frente pra ele, encaixei seu pau na minha buceta e comecei a cavalgar subindo e descendo em cima daquela rola, ele abria minha bunda com as suas mãos e metia tudo, depois de alguns minutos, eu continuei sentada em seu colo só que dessa vez de costas pra ele, Cris me segurava pela cintura e precionava meu corpo contra o seu pau até ele entrar todinho dentro da minha buceta, estava gostoso, em seguida, eu relaxei minhas costas em seu peito e ele abriu minhas pernas, deixando minha buceta toda aberta com seu pau dentro, eu estava louca de tezão, aproveitei o momento e chamei o Jony, meu marido, para chupar minha buceta com o pau do Cris dentro, ele não pensou duas vezes, Jony se ajoelhou entre nossas pernas e começou a chupar minha buceta com o pau do Cris dentro, entrando e saíndo, de vez enquanto o pau de Cris escapava da minha buceta e tocava os lábios e a língua do meu marido, ele parecia gostar, Jony pegava o pau do Cris, punhetava um pouco e depois colocava de volta dentro da minha buceta, estava demais essa foda, depois disso, saímos da sala de jantar e fomos para o nosso quarto, lá eu fiquei logo de quatro na borda da cama, Jony, meu marido, se sentou ao meu lado, abriu minha bunda e minha buceta para o nosso amigo, Cris veio em nossa direção e em pé mesmo enfiou seu pau na minha buceta e começou a meter gostoso, Jony ficou sentado ao lado vendo de pertinho aquele pau enorme entrando e saíndo da minha buceta e batendo uma punheta ao mesmo tempo, depois dessa, eu me deitei de lado na cama e o Cris se deitou por trás de mim, levantou uma das minhas pernas e enfiou seu pau na minha buceta novamente, me abraçando e apertando o piquinho dos meus seios,Jony batia punheta vibrado na gente e eu provocava ele dizendo ao Cris;... Me come meu macho, enfia tudo, arromba minha buceta na frente desse corno, ele adora levar chifre, adora ver uma pica grande e grossa entrando na minha buceta, me come,vai ahahahahahahha...

Após ouvi isso Jony quase gozou, não demorou muito e meu corpo foi esquentando, minha buceta estava enxarcada, então me virei de frente e fiquei deitada de pernas aberta, ele veio por cima de mim e enfiou tudo de uma vez na minha buceta, olhei nos seus olhos e começamos a nos beijar enquanto ele metia forte e rápido na minha buceta, Cris metia tão fundo que eu sentia a cabeça do seu pau tocando meu útero, nesse ritímo não demorou muito e acabamos gozando os dois juntos aos gritos, eu estava gozando pela segunda vez, em seguida ficamos abraçados por alguns instantes, O Cris que estava por cima de mim foi deslizando pro lado esquerdo e continuou abraçado comigo, o pau dele foi saíndo de dentro da minha buceta e permaneceu por cima dela, Jony, meu marido, se aproximou das nossas pernas e começou a chupar minha buceta, ele passou vários minutos chupando, sugando tudo, até deixa-la bem limpinha, a língua dele estava tão gostosa que eu acabei me exitando novamente, logo nós começamos a nos beijar, notei que seu pau foi ficando duro novamente durante o beijo, em poucos minutos o Cris já estava pronto pra outra, o Jony se afastou e o Cris veio logo para cima de mim, metendo na minha buceta mais eu não aguentei muito, a minha buceta ardia e doía de tanta rola que eu tinha levado, pedi pra ele parar um pouco, ele aceitou mais pediu pra comer o meu cuzinho, eu disse a ele que podería ficar a vontade, como eu já estava deitada na cama, Jony, meu marido, pegou uma almofada e colocou embaixo da minha bunda, em seguida levantou minhas pernas e começou a chupar o meu cuzinho, lubrificando ele, Cris se aproximou de nós e em seguida, Jony colocou o pau do Cris na entrada do meu cuzinho e mandou ele enfiar lentamente, quando entrou a metade, Cris começou a meter, Jony ficou do meu lado, assistindo o Cris comendo meu cuzinho e batendo punheta, depois de alguns minutos, o Jony começou a chupar meus seios e isso me ascendeu novamente, eu já tinha um pau dentro do meu cú e a minha buceta mais uma vez queria mais, comecei a bater uma ciririca e a enfiar os dedos dentro da minha buceta enquanto o Cris arrombava o meu cú mais isso não foi suficiente, então resolvi ir pra cima do Jony, meu marido e encaixei seu pau na minha buceta deixando minha bundinha empinada para o Cris que não perdeu tempo, ele se pocisionou por trás de mim e enfiou seu pau novamente em meu cuzinho, logo logo estavámos fazendo uma dupla penetraçao, estava gostoso demais, um pau na minha buceta e outro no meu cú, eles metiam com vontade, a sensação de ter duas picas dentro de mim era demais, eu gritava de tezão e minutos depois nós três explodimos em um gozo alucinante, caímos os três pro lado quase desmaiados de tanto gozar. Passamos quase uma hora deitados, relaxando, depois fomos tomar banho os três juntos, dentro do banheiro ainda fiz uma chupeta no Cris enquanto tomavámos banho, seu pau não ficou duro mais ele conseguil gozar dentro da minha boca e eu fiz questão de dividir seu esperma com o Jony, meu marido, beijando sua boca e nos lambuzando com o esperma do Cris.

Depois de tudo nós nos vestimos, nos despedimos e ele foi embora. Essa foda foi uma das melhores e mais demoradas que fizemos, gozamos feito loucos, foi inesquesível. Aparti desse dia, Cris se tornou amigo do meu marido e meu amante, Jony adora me ver dando a buceta pra ele. Bom, depois de uma dessas, vamos dar um tempo para nos recuperar mais assim que acontecer a próxima nós contaremos pra vocês.

Até logo !

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
5 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4