Uma aventura gostosa depois da aula

Olá caros leitores, meu nome é Shirley, sou casada com o Jony, ambos na faixa dos 30 anos, somos liberais e adoramos realizar fantasias, ele me apoia em tudo, não gostamos de desperdiçar uma chance quando o assunto é sexo, meu marido é corno manso assumido e adora ver ou saber que tranzei com outro, depois agente senta e escreve esses contos. Estamos juntos há 13 anos e em todo esse tempo fizemos várias amizades que resultou na realização de muitas fantasias. Vou contar mais uma pra vocês. Uma certa vez, veio passar alguns dias na minha casa o meu primo Bruno, filho da minha tia, eu considero ele como meu irmão, nós temos quase a mesma idade, fomos criados juntos, eu gosto muito dele, quando crianças, nós bricavámos juntos, simulavámos ser marido e mulher, meus primeiros beijos e toques foi com ele mais nós erámos crianças e não tinha graça nenhuma, o tempo foi passando e Bruno foi morar em outra cidade, hoje ele é noivo, eu casada e sempre que ele vem a nossa cidade fica hospedado em minha casa.

Pois bém, um certo dia, eu estava na escola onde estudo a noite e liguei pro Jony, meu marido vir me pegar depois das aulas, ele respondeu que o nosso carro havia ficado na oficina quebrado e ele estava muito cansado, perguntei se podería ir de moto-taxi para casa e ele me respondeu que não, que ele iría mandar o meu primo Bruno ir me pegar na escola pois ele estava louco para conhecer a escola e algumas alunas, terminou a última aula e lá estava meu primo Bruno me esperando no portão da escola, ele me pediu para apresentar algumas amigas e não o fiz pois ele era noivo, peguei no seu braço e fomos caminhando para casa, já era mais de 22:00 Hs, vinhá-mos caminhando por uma rua escura, com poucas casas, lá havia um terreno baldio, descampado, havia um muro grande e na sua entrada uma lixeira gigante, ouvimos gemidos fortes e fomos ver o que era, chegamos sem fazer barulho e ficamos por traz da lixeira, dentro do terreno, a uma certa distância, havia um carro parado e um casal de namorados tranzando, a moça deitada em cima do capô do carro e o rapaz em pé, segurando suas pernas e metendo nela, nós ficamos abaixadinhos por tráz da lixeira assistindo aquela cena e dando risadas baixinho, depois de alguns minutos vendo aquela cena eu comecei a ficar exitada, minha buceta foi ficando úmida, olhei pro Bruno e chamei ele para ir embora dizendo que se eu continuasse a ver aquela cena iría dar vontade de fazer o mesmo, em seguida, Bruno me pediu para ficar mais um pouco dizendo que se a minha vontade aumentasse ele estaria alí para dar conta do recado, que isso ficaría só entre agente, como nos tempos de criança, nós sorrimos , em seguida ele me abraçou por traz e ficamos vendo aquele casal se amando, coloquei os livros no chão e fiquei rosando minha bunda lentamente no pau do Bruno que foi ficando duro feito ferro, Bruno me abraçava por traz apertando meus seios e tocando minha buceta por dentro do meu short, o clima foi esquentado, Bruno desceu meu short e afastou minha calcinha pro lado, depois colocou seu pau pra fora e foi enfiando na minha buceta lentamente, quando entrou tudo ele começou a meter devagarinho, ficou metendo na minha buceta por traz de mim e beijando meu rosto e pescoço, estava muito gostoso, o pau dele entrava gostoso dentro da minha buceta, ficamos tranzando em pé e ao mesmo tempo assistindo aquele casal fazer o mesmo, depois de um certo tempo, Bruno começou a meter mais forte dentro de mim, eu pedia pra ele enfiar todo o seu pau dentro da minha buceta, sem perceber nós começamos a gemer forte e um pouco alto, isso acabou chamando a atenção daquele casal que pararam de tranzar e vinheram em nossa direção, rapidamente nós levantamos nossas roupas, peguei meus livros e saímos correndo daquele lugar, depois que dobramos a rua nós continuamos a andar normalmente em direção da minha residência, no caminho Bruno foi se lamentando que a nossa tranza estava gostosa demais para terminar da forma que terminou, eu disse a ele que ficasse tranquilo que eu daria um jeito para agente terminar o que havia começado, chegando em casa, abri a porta e entramos, fui até meu quarto e vi que o jony, meu marido, dormia que roncava, liguei o ar condicionado e tranquei a porta do nosso quarto por fora para o jony não sair, caso ele acordasse, mandei o Bruno ir tomar banho e me esperar na sala, depois foi a minha vez de tomar banho, quando terminei o banho, sai enrolada em uma toalha até a sala, lá o Bruno estava sentado no sofá, só de cueca, eu me ajoelhei entre suas pernas, tirei sua cueca, peguei seu pau e comecei a chupar, engolia tudo ficando somente as bolas do lado de fora, senti aquele pau crescendo dentro da minha boca e chupei até ele ficar bém duro, em seguida, eu me levantei, retirei a toalha e subi em cima do sofá, abri um pouco as pernas e deixei minha buceta na altura do seu rosto, ele não pensou duas vezes e começou a chupar minha buceta, parecia que ele tinha um vibrador na língua pois chupava muito gostoso me levando ao delírio, eu peguei sua cabeça e precionei contra meu corpo, fiquei esfregando minha buceta na cara dele até gozar em seu rosto, adoro essas preliminares pois lubrifica minha buceta para receber um pau duro, depois disso, eu me abaixei e sentei em seu colo, encaixei seu pau na minha buceta e comecei a cavalgar, ele me segurava pela bunda e chupava meus seios enquanto metia na minha buceta, eu delirava de tezão subindo e descendo em cima daquele pau duro, depois resolvemos mudar, eu sai de cima dele e fiquei de quatro em cima do sofá, ele veio em pé por traz de mim e enfiou na minha buceta novamente, me segurava pela cintura e metia tudo dentro do minha buceta, estava muito gostoso, meu priminho estava me comendo com carinho, nós começamos a gemer e eu fiquei com medo do Jony ouvir e acordar pois a sala ficava próximo a porta do nosso quarto, então peguei na mão do Bruno e fomos andando em direção a área de serviço da minha casa que fica no quintal, me sentei de pernas abertas em cima da pia da lavanderia, ele se aproximou de mim em pé entre minhas pernas, pegou seu pau e enfiou de uma vez dentro da minha buceta, senti que entrou tudo, abracei ele pela bunda e precionei seu corpo contra o meu e ele continuou metendo em minha buceta, estava muito gostoso, cheguei a gozar mais uma vez com o pau dele dentro da minha buceta até ele pedir para enfiar no meu cuzinho, não fiz questão, afinal eu gosto muito dele, é meu priminho de coração, em seguida, joguei meu corpo para traz e escorei minha cabeça na parede, ele levantou minhas pernas, retirou seu pau da minha buceta e colocou na entrada do meu cuzinho, como o pau dele não era tão grande e grosso entrou com facilidade dentro do meu cú, quando fui perceber ele já enfiava tudo dentro do meu cuzinho deixando somente as bolas do lado de fora, eu massageava minha buceta e ficava assistindo aquele pau duro entrando e saindo de dentro do meu cu, estava uma delícia, depois de vários minutos nessa pocisão ele anunciou que queria gozar, eu já estava com uma vontade enorme de gozar junto com ele, então eu desci de cima da pia, mandei ele lavar seu pau com sabão e que em seguida ele fosse pro quarto de hospede pois eu estaria lá esperando por ele pra gente gozar juntos, cheguei no quarto e fui logo me deitando em cima de cama de pernas abertas, coloquei duas almofadas debaixo da minha cabeça e uma debaixo da minha bunda, fiquei esperando o Bruno, em poucos minutos ele chegou e foi logo pra cima de mim, enfiou seu pau na minha buceta e começou a meter, eu gemia de tezão pedindo pra ele enfiar tudo dentro de mim, depois de alguns segundos, ele começou a meter rápido e forte na minha buceta, chegava até a pular em cima de mim, pedi pra ele chupar meus seios enquanto metia na minha buceta e isso ascendeu um fogo dentro de mim, nosso tezão chegou ao limite máximo, começamos a gemer forte, nossos corpos começaram a tremer e acabamos gozando os dois juntos, ele gozou muito dentro da minha buceta, era muito esperma, inundou tudo, depois ele saiu de cima de mim e foi até o banheiro se lavar, eu fiquei deitada, relaxando um pouco, em alguns minutos ele voltou, deixei ele a vontade para dormir e fui direto pro meu quarto, quando cheguei lá, o jony, meu marido, ainda dormia, resolvi acordar ele pois o esperma do Bruno escorria pelas minhas pernas e o Jony adora ver isso, acordei o Jony e me deitei ao seu lado, de pernas abertas, a minha buceta brilhava com tanto esperma, o Jony quando viu perguntou logo de quem era aquele esperma e eu respondi que ele poderia fazer o que mais gosta que é chupar minha buceta cheia de esperma deixando ela bém limpinha, sugar tudo e sentir o gosto do esperma do macho que me comeu e que depois eu contava pra ele de quem era aquele esperma e o que havia acontecido, depois de ouvir isso, Jony caiu de boca na minha buceta, chupava com vontade, em seguida seu pau ficou duro, ele continuou chupando minha buceta e batendo uma punheta até anunciar que queria gozar, Jony queria gozar na minha buceta mais eu não deixei, puxei ele até meu rosto e comecei a chupar seu pau, depois de alguns minutos, ele retirou seu pau da minha boca e começou a se punhetar rápido, eu abri minha boca ao máximo e fiquei esperando, em poucos segundos ele gozou dentro da minha boca, como ele é meu marido eu engoli todo o seu esperma até a última gota, o Jony gostou muito e eu também, estavámos realizados, depois caimos pro lado e fomos dormir.

No outro dia eu contei pro jony tudo que havia acontecido entre eu e o Bruno, ele adorou e disse que eu podería tranzar com ele quantas vezes quisesse contando que, por enquanto, eu não deixasse o Bruno desconfiar que ele sabia de tudo que acontecia entre nós dois. Depois desse dia, eu e o Bruno ficamos bastantes intímos e confiámos um no outro, ele se tornou meu amante de confiança e já fizemos algumas loucuras sexuais. Com o passar do tempo, o Bruno começou a cursar faculdade na minha cidade e como ele é meu primo, passou a frequentar minha casa com mais intensidade, estavámos sempre juntos, eu, ele e o Jony e depois de um certo tempo agente tranzou na frente do meu marido que adorou assistir a tudo. Esta foi mais uma das muitas que virão pois não perdemos tempo e oportunidade. Até a próxima !

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

conto perfeito *-*

ameei o conto, me masturbei mto. amo esse site ♥ add meu msn loirinha-perfeittinha@hotmail.com sou mto vadia. bjos ♥

conto perfeito *-*

ameei o conto, me masturbei mto. amo esse site ♥ add meu msn loirinha-perfeittinha@hotmail.com sou mto vadia. bjos ♥

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
1 + 11 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4