Ensinando o amigo a enrrabar a esposa

Meu conto é real aconteceu a algumas semanas atrás,estou grávida na verdade no final da minha gestação praticamente, trabalho em uma empresa já 4 anos e tenho certa liberdade de conversar algumas coisas com meu colega de trabalho mais próximo.
Estava reclamando de um pouco de dores nas costas  estes dias e engatamos uma conversa estranha, na verdade ficou curioso prá saber se eu ainda estava fazendo sexo normalmente com meu marido apesar da gravidez, então falei a verdade que sim , que tirando dias que eu tinha alguma indisposição normal a gestação nosso sexo era normal , senão melhor que antes até.
Percebi que ele não estava contente e perguntava cada mais, inclusive se era verdade que muitas grávidas faziam sexo anal por causa da gravidez, da barriga e etc.. falei que das outras eu não sabia , mais que eu fazia  anal com meu marido frequentemente que ao longo dos 5 anos de casamento aprendemos a tirar o maior prazer do anal, demorou um pouco mais agora era delicioso e quando passava muito tempo sem fazer sentia falta de algo no sexo.
Finalizamos aquele papo ali, pois nossa encarregada chegou próximo e paramos aquela conversa . No horário de almoço ele perguntou se poderia almoçar comigo pois tinha algo importante prá me dizer, concordei e fomos até um Buffet próximo da empresa, nos servimos fomos prá mesa e notei que ele estava tenso prá caramba, pois no geral era sempre extrovertido , quando questionei sobre o que ele queria falar de tão importante veio a bomba: Ele confidenciou que a mulher jamais topou fazer anal com ele e que ele tinha muito tesão em fazer com ela, natural uma vez que são marido e mulher e tem intimidade prá isto, fiquei até com pena dele, e então ele prosseguiu falando que a mulher já havia dito que gostaria de ter uma experiência com outra mulher, alguém que estivesse disposta a aceitar acaria-la, xupar , enfim curiosidades de mulheres, que ele participasse somente como expectador durante sua iniciação  e transasse somente com ela pois não o dividiria com outra, portanto ele havia pensado em mim, por me conhecer, saber que eu era casada Tb, e pelo nosso papo eu era alguém liberal no sexo, resumindo queria que eu xupasse a mulher dele e a convencesse a dar o tão sonhado cu pra ele.

Na hora confesso que fiquei chocada, meio sem palavras e imaginando será que ele pensou que sou uma puta? Bom voltamos ao trabalho , quase no final do expediente ele me enviou uma mensagem via e-mail interno:  “Prometa que vai pensar sobre o assunto”, alguns instantes se passaram e respondi : “OK”.
No outro dia no trabalho tentei ser o mais natural possível, comentando com os colegas inclusive ele que ainda faltavam algumas coisas para o bebê que não tínhamos comprado, a grana curta e o tempo havia passado rápido , vc pensa que tem 9 longos meses pela frente mais quando vê a hora está chegando e muita coisa vc não fez.

Nova saída de almoço e ele novamente queria falar comigo, pensei : Pronto agora o cara vai pegar no pé com esta história eu não vou poder nem comer mais em paz, chegamos no Buffet novamente nos servimos e quando chegamos na mesa ele foi direto ao assunto: Tá bom sei que vcs estão precisando de dinheiro eu te ofereço R$ 300,00 prá vc topar aquele lance. Na hora fiquei  “P” da cara, perguntei se tinha cara de puta ? Ele falou não , não queria me ofender mais me ajudar e ser ajudado por mim Tb, afinal uma mão lava outra.  Prá encurtar a história topei. Não sou uma ninfeta, sou gordinha, seios muito grandes, baixinha e ainda grávida, tenho um rosto bonito e procuro estar bem , mais não sou linda e perfeição está longe de mim. Pensei a mulher vai se assustar a hora que me ver, de repente tá esperando uma gatinha de 18 com tudo em cima e chego eu com quase 40 , bom exigi que fossemos a um motel pago por ele Tb, meu marido não poderia nem sonhar e quem diria participar , ele tem ideia completamente diferente sobre sexo e eu prefiro respeitar e não magoá-lo.
Marquei num sábado, meu marido trabalha horário comercial normal, então nos encontramos e fomos , a mulher estava bem tímida , pouca conversa, tentei quebrar o gelo falando de amenidades, coisas comuns e ela foi melhorando, chegamos na suíte todo mundo meio sem graça, então fiz um giro no quarto e vi a banheira, falei logo: Vamos encher a banheira e tomar um banho? Prá relaxar nada melhor no mundo que uma água bem quente faz bem prá tudo até prá alma.
A banheira ficou enchendo e então coloquei minha bolsa na mesa e comecei tirar minha roupa , vi que ela não sabia o que fazer então me aproximei carinhosamente e  fui tirando a roupa dela Tb, enquanto tirava passava  a língua no lóbulo da orelha dela, dava selinhos na boca e meu colega olhando, tirei seu soutien acariciei todo pescoço dela , seios sem pressa , então me aproximei e comecei a beijar ela na boca, beijo de língua mesmo, ela foi cedendo e participando, meu colega foi tirando a roupa e se masturbando sentado próximo, fui beijando e descendo até alcançar os seios onde mamei vigorosamente por  muito tempo, ela foi ficando louca de tesão, peguei na mão dela e fui andando em direção a banheira, chegando fui beijando e tirando a calcinha dela, entramos na banheira e lá dentro beijos de língua muito quentes  e então comecei a penetrar ela com os dedos , no inicio 2 depois 3 dedos , meu colega tava louco vendo aquilo pedi que ela se sentasse no beiral da banheira, fui mamando , beijando e acariciando aquela buceta sedenta , fiz sinal prá ele que viesse e mostrei os sei dela que ele claro caiu de boca , eu me encarreguei da buceta dela como ela sempre sonhou , afinal era o sonho dela , fui linguando lambendo como uma cadela faz, deixando ela louca gemendo , A cada lambida deixava um pouco mais de saliva prá execução do plano “B”, ela deitada gemendo gostoso ele beijando ela e mamando nos seios dela e eu chupando aquela buceta gostosa, abri bem e comecei a xupar o rabinho dela que receberia o caralho do marido logo logo,pedi que ele deitasse ela ficasse de 4 e chupasse ele ,enquanto eu xupava o rabo dela , na buceta enfiei os 2 dedos do meio ,prá fazer ela gozar esguichando, que imaginava que ela jamais havia provado aquilo também, lambia bem com saliva e manipulava com os dois famosos dedos , ela foi gemendo e se contorcendo muito , gemia alto mesmo, apesar do pau dele na boca.

Fiz ela deitar de frente novamente prá enfiar os dedos com mais precisão enquanto beijava e mamava nos seios dela , ele foi xupar ela e eu a masturbava sem parar, isto durou um tempo até que ela esguichou como um chuveirinho, meio pouco , mais prá primeira vez até que estava bom , ele gemia e se contorcia muito, me beijou como uma louca quase arrancando pedaço da minha boca , tanto era o tesão dela, e  a sensação duvido que ela vai esquecer na vida inteira dela, é um gozo extremamente intenso que depois que uma mulher prova fica louca querendo  todo dia, fica ninfomaníaca por sexo, pois é fazendo e praticando muito que é possível chegar nisto, ejacular como os homens fazem é delicioso e viciante, vc não quer mais sexo sem isto.

Bom falei prá irmos para a cama, chegando lá mais uma vez abri as pernas dela e xupei muito aquela buceta , passando a mão no corpo dela todo, virei ela de costas e fui lambendo ela toda , abri a bunda dela e xupei muito o rabo dela Tb, ela ficou doida, meu colega já tinha gozado umas 2 vezes só de olhar tudo aquilo, pedi prá ele deitar com as pernas fora da cama , ela sentada eu atrás abraçada com ela acariciando muito e massageando os seios dela, pedi que ficasse em pé  e chupasse ele na posição que ele estava, ela obedeceu , fui na bolsa peguei meu óleo , passei abundantemente no rabo dela enquanto ela  xupava ele, fui massageando costas e tudo, e devagar fui sentando  ela no pau dele enquanto ela mamava nos meus seios, ele acariciava a buceta dela, ela foi gemendo de dor mais foi cedendo e sentando, quando sentou tudo , empurrei suavemente o corpo dela em cima dele e comecei a xupar a buceta dela e levantar a bunda dela com as mãos prá  que ela deslizasse no pau dele, assim a dor foi sumindo sendo comida, xupada ele com uma mão no grelo dela junto com minha boca e outra nos peitos dela prá segurar e meter ,parei um pouco e fiquei olhando, ela tava dando o cu gostoso, aposto que nunca mais vai se negar e se duvidar vai procurar ele prá dar, ele mesmo começou a levantar a bunda dela prá fazer o movimento de sobe e desce, voltei xupando ela ela gozar na minha boca e até ele gozar dentro dela , afinal fiz minha parte, fiz ela feliz ele mais ainda e meu bolso também.

Já tem algumas semanas, ele está no céu e me agradece todo dia, ela me liga a fofa ficamos amigas e acho que boas amantes também, depois que o BB nascer e tudo estiver no seu lugar eles querem repetir a dose, pois até lá segundo ele terão dinheiro novamente prá eu comprar outras coisas prá mim e pro meu  BB.

 

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

Também ensino os meus amigos a enrabarem suas esposinhas.

>>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.com
>>> (61) 8456-6055 Operadora OI.
>>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.
>>> Brasília-DF (Recanto das Emas)

>> Me chamo Ricardo agora estou morando no Recanto das Emas, Brasília-DF(Brazil) sou comedor de esposinhas. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles.

>>> Procuro casais liberais, casadas, noivas, namoradas e solteiras, grávidas, gringas, ananzinhas.

Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar o corno limpar tudinho, mas se meu novo amigo curtir só observar eu metendo na sua linda esposinha tudo bem. Tenho 35 anos, 1,72m de altura, 76kg, moreno claro. Qualquer casal que curta entre em contato comigo.

>>>>>> OBS.: Favor não fiquem mandando mensagens para o meu celular, se quiserem me liguem pois sou comedor de esposinhas e não mensageiro. Curto sexo real sou comedor nato.

Adoro meter nas esposas dos meus amigos

fudedor.de.esposas.df@hotmail.com

>>>(61) 8456-6055 Operadora OI
ou
>>>(61) 9285-0356 Operadora Claro

>>> Eu sou Ricardo de Ceilândia, Brasília-DF sou comedor de esposinhas e procuro casais. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles. Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar o corno limpar tudinho. Tenho 35 anos, casal que curta entre em contato comigo.

Amigo de corno

Procuro mulher fogosa para intensos momentos de prazer sexual, com longas preliminares, demoradas penetrações, para se sentir abusada, arrombada, saciada, retornando para casa com o cheiro de meu pinto pelo corpo todo.Tenho corpo musculoso, pele clara, rosto bonito, sem vícios, limpo, doador de sangue, educado, sigiloso, paciente, ótimo nível
claudiosorocaba@ig.com.br
Tenho local para encontros.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 11 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4