Crossdresser trilingue de SP oferece-se como intérprete de inglês-português-espanhol simultânea e consecutiva

 

Seu nome ou Apelido: 
Ana Lúcia Rejszkjard
Em qual Estado do Brasil ou País você mora?: 
SP
Qual o nome da cidade onde você tecla?: 
São Paulo
EU SOU:: 
Crossdresser
PROCURO POR: (obs - você pode selecionar mais de uma opção neste ítem): 
Mulheres
Homens
Casais
Travestis
Transexuais
Crossdressers
Drags
Afeminad@s
Fetiches
Outros
FAÇO E OFEREÇO: (somente escolha algo neste campo, se for sua profissão, OK?): 
Acompanhante
Hostess
Envie sua foto: 
Imagem 154 OK - Puro 2 OK - muito bom.jpg

Gente, vamos conversar!
Não dá para ser feliz cheia de dívida, né?
Claro que não, e é por isso que toda semana eu faço um anúncio de meus serviços profissionais. Não acredito que ninguém precise ou saiba de alguém que precise de uma intérprete, ainda mais trilíngue como eu!
Gente, deixa eu explicar uma coisa: se vocês acharem melhor, eu posso ir trabalhar "de hominho", não tem problema!
Por favor, vamos dar uma forcinha!!!!
Ah, claro, se vocês preferirem eu vou super-secretária, tailleur e saia lápis, scarpin preto, executivíssima!!!!!
E, gente, tem um colega que conseguiu fazer um acompanhamento de campo de um mês, é meu sonho, já pensou? Um mês inteiro podendo trabalhar e viver dia e noite tranquilamente como eu mesma?
Lógico, poderia ser de hominho de dia e eu mesma de noite e fins de semana, já estaria valendo...
Bom, então é isso!
Vamos dar uma força, gente!!!!!

Precisa de uma intérprete trílingue para um curso, conferência ou reunião? Precisa de alguém para acompanhar visitas de campo? Inglês-Espanhol-Português? Fale comigo, também!
Quer um rosto novo para um comercial? Que tal o meu?
Quer alguém que lhe faça companhia durante um dia todo? Por que não, né?
ana.lucia.rejszkjard@gmail.com

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

Minha dica

Oi, vi seu anúncio e queria dizer o seguinte: uma ótima alternativa é fazer um site num desses provedores gratuitos (blogspot, wix, translators café, etc.). Após isso feito você começa a vender seu trabalho (e a arrumar trabalho) via sites na net, há um monte (só é você googlar "tradutor" e "freelancer" que vê um monte), e neles há várias ofertas de emprego. Você pode ser a mulher que é no dia a dia mas vender seu trabalho (na net) como hominho (eu faço isso com meus produtos). Boa sorte!

Alternativas viáveis

Gente, pois é, tem tanta ideia legal que se pode fazer (principalmente quem tem estudo mais elevado, mais ferramentas do saber) e que ainda não existe no Brasil. Uma delas é um pensionato só pra trans, não qualquer um(a), mas trans que tivessem matriculados(as) em faculdades, empregados(as) etc., desvinculados(as) da prostituição. Isso seria um éden para aqueles meninos(as) trans que quisessem trilhar outro rumo, sem deixar de ser eles(as) mesmos(as) e ao mesmo tempo daria renda fixa a quem tivesse essa iniciativa de abrir tal negócio, pois quantas trans de outras cidades não buscam São Paulo para novos horizontes (estudar, trabalhar, transicionar, e por aí vai...)? Eu mesma fui uma, e tive dificuldades mil até me encaixar, apesar de Sampa ser ainda a cidade mais cosmopolita e "acolhedora" do Brasil com respeito aos LGBTs.

Outra ideia seria alguém (trans ou não) abrir uma agência de empregos que focasse no público trans (sem esquecer os outros públicos, claro, mas com foco principal no público trans), pois, convenhamos, estamos ocupando agora o infame nicho deixado pelos deficientes físicos (que no passado eram vítimas de preconceito), ainda somos marginalizadas mercadologicamente. Aliás, cade o Governo Federal que não lança a obrigatoriedade de se empregar um(a) trans?? Essa agência seria uma iniciativa maravilhosa e rentável e abriria o mercado para nós transgêneros/transexuais, pois há sim muitos empregadores mentes abertas Brasil afora, até porque há empresários LBGTs e simpatizantes. Isso é uma iniciativa que podia ser feita até de uma casa, um escritório virtual, sei lá!

Pra fechar, uma ONG voltada a trans que querem ter uma vida normal, sem ter que recorrer a prostituição, a qual contasse com o apoio do Governo e de ONGs grigas (tem um monte aptas a ajudar essas iniciativas, contanto que se mostre a seriedade via auditorias anuais). Essa ONG ministraria cursos, aprimoramentos etc., tudo subvencionado, e reinseriria trans na sociedade.

Ideias há muitas, falta pormos mãos à obras. :)

PS: antes que eu me esqueca,

PS: antes que eu me esqueca, tentar emprego na area de moda, como assistente de um Namie Wihby, Kamura, Herchcovitch, por exemplo, nao seria nada mal. Escreva pra alguem como eles e conte sua historia e aonde quer chegar... nunca se sabe! Essa eh uma daquelas areas em que saber idiomas eh um "plus". Bjs!!!

Oi, querida, sei como eh

Oi, querida, sei como eh dificil sermos nos mesmas e ainda podermos ganhar a vida sem "fazer a rua". Primeiramente, parabens por estar nesse caminho mais dificil, eh verdade, mas mais duradouro e promissor. O conselho que te dou eh tentar se inscrever em sites de traducao internacionais (de freelancers) e oferecer teus servicos de tradutora... ha varios bons. Outra possibilidade eh vc fazer como uma amiga minha: ela se inscreveu num site internacional que buscava "au pairs" e foi ser uma especie de "personal assistant" de um gringo excutivo rico e ocupaderrimo nos business, que adorava o lado feminino cross dela. Ela viajou o mundo com ele, ganhou um monte e voltou pro Brasil para tocar projetos pessoais, apos o fim do contrato com ele. Enfim, talentosa como vc deve ser, possibilidades nao faltam. O ceu eh o limite, querida! Bjs e sucesso!! Obs; estou com um teclado sem acentos, desculpa a gramatica, rs.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
6 + 8 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4