A maioria dos americanos que vivem com o HIV não mantêm o vírus sob controle

Menos de um terço dos americanos que vivem com o HIV tinha o vírus sob controle em 2011, ou por não receber cuidados médicos regulares ou simplesmente porque muitos não sabiam que eram portadores do vírus. Estas são as conclusões de um novo estudo do CDC - Centros de Controle de Doenças e Prevenção dos Estados Unidos.

O CDC estima que 70 por cento dos 1,2 milhões de americanos que viviam com o HIV em 2011 não tinham o vírus sob controle, apesar de que as terapias de combinação de drogas podem  efetivamente suprimir o vírus antes que ele possa se desenvolver em doença (AIDS) . Quando usados de forma consistente, a medicação antirretroviral pode manter o HIV controlado em níveis muito baixos no corpo, permitindo que as pessoas com HIV vivam mais tempo, tendo uma vida saudável

Uma combinação de indiferença e falta de acesso a cuidados médicos parece superar a ignorância como um fator determinante nos casos de HIV descontrolado, segundo os pesquisadores.

O CDC espera melhorar o diagnóstico e o tratamento do HIV através de esforços lançados desde 2010. Os esforços incluem parcerias inovadoras para tornar o teste de HIV simples, acessível e de rotina.

A supressão viral também reduz a probabilidade de que os doentes irão transmitir o HIV a outros indivíduos. Já se demonstrou que o tratamento pode reduzir a transmissão sexual do HIV em 96 por cento. As diretrizes de tratamento americanas recomendam que todos diagnosticados com o HIV recebam tratamento.

Entre as cerca de 840 mil pessoas que não atingiram a supressão viral, os pesquisadores descobriram que:

  • 66 por cento tinham sido diagnosticados com o HI, mas não estavam envolvidos em cuidados regulares;
  • 20 por cento ainda não sabia que estavam infectados;
  • 4 por cento estavam recebendo alguns cuidados, mas não receberam prescrição de tratamento antirretroviral;
  • 10 por cento tiveram prescrito tratamento antirretroviral, mas não tinha sido capazes de suprimir totalmente o seu HIV.

Esforços adicionais incluem programas para ajudar os departamentos de saúde identificar indivíduos infectados que saíram de programas de atendimento. Campanhas de conscientização pública sobre a importância do teste de HIV e manutenção de tratamento contra o HIV também são essenciais.

Fonte: CDC Vital Signs report, Nov. 25, 2014. 

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
13 + 4 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4