Homens que tem maior número de parceiras sexuais sofrem menor risco de câncer de próstata

Estudos anteriores sugeriram que a ejaculação frequente pode proteger contra o câncer de próstata. Uma possível explicação: o efeito benéfico poderia ser devido a uma redução na concentração de substâncias causadoras de câncer no líquido prostático, dizem os pesquisadores.

Agora, um novo estudo descobriu que homens da região de Montreal, no Canadá, que tinham tido mais de 20 parceiras sexuais em sua vida tinham risco de câncer de próstata 28 por cento menor, em comparação com os homens que só mantinham relações  com uma única mulher.

O estudo revelou algumas outras associações intrigantes. Por exemplo, os homens que disseram que nunca tinham tido relações sexuais tinham quase duas vezes mais probabilidade de serem diagnosticados com câncer de próstata do que aqueles que disseram que mantinham relações sexuais.

Para o estudo, mais de 3.200 homens na região de Montreal responderam a um questionário abrangente que cobriu muitos aspectos de suas vidas, incluindo a sua vida sexual. Cerca de metade tinha sido diagnosticada com câncer de próstata entre setembro de 2005 e agosto de 2009, enquanto o resto do grupo controle era saudável.

Quanto maior o número de parceiros sexuais do sexo feminino, maior a proteção contra o câncer de próstata, as descobertas sugerem. Por exemplo, os homens que tiveram relações  com entre oito e 20 mulheres tiveram uma redução de 11 por cento no risco de câncer de próstata, em comparação com 28 por cento de redução do risco para os homens com mais de 20 parceiras do sexo feminino.

Os pesquisadores ainda descobriram que homens com mais de 20 parceiras do sexo feminino também tiveram uma redução de 32 por cento de risco para formas menos agressivas de tumores de próstata e 19 por cento de redução de risco para tumores de próstata mais agressivos.

Por outro lado, os homens que tiveram mais de 20 parceiros sexuais masculinos tiveram mais do que cinco vezes maior risco de câncer de próstata menos agressivo, e 26 por cento maior risco de câncer de próstata mais agressivo, em comparação com os homens que só tinha um parceiro masculino.

Os pesquisadores especulam que isso pode ser devido a comportamentos sexuais mais arriscados entre os homens homossexuais, ou por causa de um trauma físico à próstata.

Fonte: Cancer Epidemiology, Oct. 28, 2014.

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
9 + 7 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4