Tirar um cochilo pela manhã pode ser fator de risco para a saúde

Estudos epidemiológicos atuais têm relatado resultados conflitantes sobre a relação entre sono diurno e risco de mortalidade. Um recente estudo publicado na revista American Journal of Epidemiology  avaliou a associação entre sono diurno e todas as causas ou causas específicas de mortalidade, em um grupo britânica.

Entre os 16.374 homens e mulheres que responderam perguntas sobre hábitos de cochilar pela manhã entre 1998 e 2000, um total de 3.251 morreram durante os 13 anos de seguimento.

Apósanális estatística, verificou-se que cochilar pela manhã está associado com um risco aumentado de mortalidade por todas as causas, independente da idade, sexo, classe social, escolaridade, estado civil, situação de emprego, índice de massa corporal, nível de atividade física, tabagismo, ingestão de álcool, depressão, auto-avaliação da saúde geral, uso de medicamentos hipnóticos ou outros medicamentos, o tempo gasto na cama à noite, e na presença de doenças preexistentes de saúde. Esta associação foi mais pronunciada para morte por doenças respiratórias e em indivíduos com 65 anos de idade ou mais jovens.

Assim, segundo o estudo, cochilar pela manhã excessivamente pode ser um marcador útil de risco para a saúde subjacente, particularmente de problemas respiratórios, especialmente entre aqueles de 65 anos de idade ou mais jovens.

Mais pesquisas são necessárias para esclarecer a natureza da associação observada.

Fonte: Am. J. Epidemiol. (2014) 179 (9): 1115-1124.

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
5 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4