Tio gostoso

O fato Aconteceu em Dezembro de 2006. Quando fui visitar minha tia no
interior. Foram dias de muito tesão. Sempre fui muito reservado e nunca
falei sobre meus desejos com ninguém. Tenho 36 anos, negro, peludo e
muito fogoso. Mas vamos aos fatos. Meu tio tem 51 anos, tem os braços
fortes e um tórax de deixar qualquer um louco, pernas grossas e uma
boca linda.

Minha tia foi visitar a irmã dela e eu fiquei
sozinho com meu tio, sempre tive tesão por homens mais velhos. Depois
de jantarmos, sentamos no sofá para ver a novela das oito, mas como
estava muito chato ele sugeriu vermos um filme de romance, eu queria
ver filme pornô, mas como não tinha nenhum fomos de romance mesmo. O
filme tinha muitas cenas picantes. Percebi que meu tio estava excitado
pelo volume na sua calça. E que volume... Eu perguntei se ele já havia
traído minha tia e ele disse que não pois gostava muito dela e que não
foi por falta de oportunidade.

Ele me perguntou sobre meus
relacionamentos e eu disse que fazia tempo que não me relacionava e que
não conhecia ninguém interessante. Só trabalho e estudo. Ele perguntou
como eu me aliviava e eu respondi que batia muita punheta. Ele disse em
um tom sarcástico que quem bate muita punheta acaba batendo para os
outros. A conversa foi se encaminhando pra sacanagem e eu aproveitei e
perguntei se ele já havia batido punheta pra outro homem e ele disse
que não, mas ficou passando a mão no pacote por cima da calça, eu
fiquei de pau duro ao ver o volume aumentar.

Eu comecei a suar e
a tremer de vontade de pedir pra ver e ao mesmo tempo com medo. Criei
coragem e perguntei se ele queria "Brincar" ele perguntou se eu estava
louco. Eu disse que estávamos sozinhos e não custava nada ele deixar eu
ver seu pau. Ela ficou irritado e disse que era pra eu tomar um banho
frio e tentar dormir. Foi o que eu fiz.

Tomei um banho e fui pro
quarto, quando estava quase pegando no sono ouvi que ele estava tomando
banho e inventei que estava com vontade de mijar. Entrei no banheiro e
tirei o meu pau pra fora e finji que estava mijando. Aproveitei pra
olhar o corpo dele. Ele estava de costas e pude ver sua bunda que era
muito linda e peluda. Ele virou de frente e pude ver aquele material
que mais parecia um monumento.

O pau dele é grosso e grande,
cheio de veias e rosado. Ele apara o pêlo e o pau fica muito lindo à
vista. Saí do banheiro e voltei pro quarto, sabia que não conseguiria
dormir pois estava com muito tesão e aquela imagem do meu tio não saía
da minha cabeça. Depois do banho ouvi passos vindo em direção à porta
do quarto. Fiz de conta que estava dormindo. Ele entrou sem bater e
sentou na cama e perguntou se eu estava acordado. Eu disse que sim.

Ele
acendeu a luz e eu pude ver que ele estava com a toalha enrolada em seu
corpo. Eu perguntei o que ele queria e ele respondeu que pensou melhor
e queria brincar comigo. Deixou a toalha escorregar e disse com tom
arrogante. "Cai de boca. Ele é todo seu." Eu não perdi tempo. Coloquei
seu pau em minha boca. Ele começou a gemer e a apertar minha cabeça
contra seu pau que ficou enorme. Devia ter uns vinte centímetros.
Chupei muito ouvindo ele gemer de prazer.

Levantei e nos
abraçamos apertado. Ele começou a me beijar dizendo que estávamos
loucos. Eu disse pra ele deixar rolar. Começamos a roçar nossos paus um
contra o outro. Ele disse que meu pau era muito bonito e queria provar.
Eu disse "vai fundo" "Então vamos fazer um 69, assim nos sentiremos
prazer ao mesmo tempo." Começamos a nos chupar e ele enquanto me
chupava passava a mão na minha bunda, coisa que me deixou louco de
prazer. Pedi pra ele enfiar a língua no meu cu o que ele fez com muito
gosto. Fui à loucura e gozei muito.

Ele disse que queria me
comer e eu pedi pra ele esperar um pouco e ficamos deitados abraçados e
eu não tirava a mão do seu pau que estava babando de desejo. Depois de
alguns minutos ele me colocou de bruços e disse que não podia mais
esperar. Foi colocando o pau devagar e eu gritei de dor e de prazer.
"Era isso que você queria? Então toma. Abre seu cu pra receber seu
presente de natal. Rebola essa bunda linda pro titio..."

Ele
ficou sobre mim durante uns dez minutos bombando devagar e eu pude
sentir seu saco batendo na minha bunda. Senti os pêlos do seu tórax
roçando em minhas costas. Foi muito gostoso. Quando percebi que ele ia
gozar pedi pra ele gozar no meu rosto. Ele sentou no meu peito e
começou bater uma punheta e logo seu leite jorrou na minha cara. Só de
lembrar fico de pau duro.

Tomamos um banho juntos e ficamos
conversando no quarto. Ele perguntou se eu tinha gostado e eu disse que
tinha amado e queria mais. Ele pediu pra que eu o comesse, mas que
fosse devagar pois ele não era acostumado a dar. Eu o comi com muito
desejo e ele gritava de prazer e pedia mais. Ficamos a noite toda
transando, nos beijando e acariciando.

Pela manhã eu disse que
ia embora pois não teria coragem de encarar minha tia. Ele prometeu que
quando viesse à São Paulo me faria uma visita pra gente repetir o ato
pois ele tinha gostado. Mas essa é historia pra outro dia. Não tenho me
relacionado com ninguém mas tenho muito tesão por homens mais velhos.
Sem frescura e não afeminado. Gosto de macho transando com macho. Se
algum coroa peludo e sacana quiser BRINCAR de ser ser feliz,
contate-me.

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
1 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4