A sobrinha de minha esposa

" Vou contar para vocês uma
história que me aconteceu há dois anos
atrás...

Sou casado, tenho dois filhos. Eu costumo
viajar muito para um sítio de minha família,
perto daqui de São Paulo. Numa dessas viagens,
fomos eu, minha esposa, meus filhos e uma sobrinha de
minha esposa, chamada Camille...

Camille é uma garota muito linda,
tem 18 anos, é loira, 1,70 e tem lindos olhos
verdes... Ela era uma menina muito tímida, mas
foi quando todos nós fomos para a piscina que
tudo mudou, logo Camille se deitou e me pediu para passar
bronzeador em suas costas... Fiquei com o pau duro nessa
hora, pois ela tem uma pele muito macia... Resolvi então
entrar na piscina para dar uma disfarçada..

Foi então que ela também
entrou e me chamou para perto dela, pois queria que
eu a segurasse porque ela não conseguia boiar...
Foi a primeira vez que coloquei minhas mãos em
sua bundinha perfeita... Mas foi aí que ela começou
a me deixar maluco... Ela começou a mergulhar
e passava por debaixo das minhas pernas, sempre deixando
o braço resvalar no meu pau, que nesse momento
já parecia uma pedra de tão duro... Decidi
fazer o mesmo e sempre passava meu braço e de
vez em quando um dedinho na sua bocetinha, por cima
do biquini...

De noite fomos jantar, e ligou de São
Paulo o pai de minha esposa, dizendo que havia entrado
assaltantes em seu apartamento.... Ela logo resolveu
voltar para São Paulo, elevou meus dois filhos
com ela, eu que ainda tinha o domingão pela frente
resolvi ficar.... Foi aí que eu descobri o paraíso,
ficamos apenas eu e minha "sobrinha" no sítio...

Ficamos assistindo TV até tarde
até eu resolver anunciar que iria dormir... Ela
imediatamente, perguntou se ela não podia dormir
no quarto comigo, pois tinha medo de dormir sozinha...
Logo me prontifiquei a arrumar um colchão no
chão do meu quarto para mim, mas ela disse que
não precisava, e que ela iria dormir na cama
comigo...

Logo que deitamos, eu tratei de tentar
dormir, pois ainda tinha consciência da loucura
que estávamos para cometer, virei para o lado,
mas logo senti os seus pezinhos mexendo nos meus, virei
para o lado dela e ela logo mandou sua bunda para contato
com o meu pau... Aí eu desisti, agarrei a pela
cintura e tirei meu pinto para fora, peguei a mão
dela e coloquei sobre ele...

Ela se atirou para debaixo do lençol
e começou a beijar o meu, e depois a colocá-lo
inteiro na boca.. Chupava da cabeça até
o saco, quando chegava no saco ficava dando umas mordidinhas
que me deixaram louco.... Avisei que iria gozar, e ao
invés de ela para de chupar, começou a
chupar mais rápido, até que eu gozei na
boca dela... Precisava ver que lindo, aquela carinha
de anjo com a minha porra escorrendo pelo lado....

Mas ela queria mais... Tirou a camisola
e a calcinha que estava vestindo, e de uma vez só
enterrou o meu pinto no seu rabinho, que de virgem já
não tinha nada... Ela praticamente pulava sobre
o meu pau, e enquanto isso eu chupava aqueles seus peitinhos,
que estavam durinhos, até que nós gozamos
juntos, de novo...

Fomos tomar um banho, onde ainda rolou
algumas brincadeirinhas no chuveiro, como um dedinho
na xaninha dela.... Eu ainda quis meter em sua buceta,
mas ela disse que ainda era virgem lá, e que
ainda não queria perder o cabaço...

Depois desse dia, sempre fico feliz
quando chega um fim de semana e posso levar a minha
"sobrinha" para o sítio para passear
com o titio...

-- Se você é uma gata e
quer viver loucas aventuras, email-me.. Ursinho Puff
urso_puff@hotmail.com

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
6 + 4 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4