O corvo

Um corvo estava morrendo de sede.
Viu um vaso que tinha tão pouca
água que o bico não alcançava.
Tentou derrubar o vaso com as
asas mas era muito pesado.
Tentou quebrar com o bico e as
garras mas era muito duro.
O corvo, com medo de morrer de
sede tão perto da água, teve uma
idéia brilhante.
Pegou umas pedrinhas e foi
jogando dentro do vaso.
A água subiu e ele pôde beber.

Moral:

Não há beco sem saída para quem se esforça na lida.

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

Thanks you.. Chat | Sohbet

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
16 + 0 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4