Gostosinho da mamãe

Tenho acompanhado essa seção com bastante
interesse. Gostaria de contar um caso incrível,
do qual até eu mesmo duvido.
Na minha adolescência costumava passar férias
na casa de uma tia no interior de Minas. Meu tio era
caminhoneiro, e por isso o meu primo, filho deles, nunca
viajava. Afinal, era o homem da casa, o guardião
da tia gostosa.


Minha mãe falava que ele tinha problemas, complexo
de Édipo. Dizia que o rapaz precisava de tratamento
psiquiátrico. Eu não via nada errado com
meu primo e não entendia em que essa ?ligação?
com a mãe podia prejudicá-lo.
Eu gostava de lá por causa dos bailes e das garotas,
que eram quentes. Todo ano arrumava uma namoradinha
nova e metia adoidado. Meu primo morria de medo de engravidar
as garotas e acabava não saindo com nenhuma.
Eu orientava ele a gozar fora mas ele sempre fugia,
sempre voltava mais cedo para casa. Comecei a achar
que era bicha.


Uma vez a gente estava engatilhando duas garotas, e
a que estava comigo disse que eu não precisava
me preocupar, pois tomava pílula. A outra pediu
ao primo para usar camisinha. Ele disse que ia em casa
buscar, mas não voltou mais.
Como as duas só transariam se estivessem juntas
- eram primas também -, resolvi ir atrás
dele, já meio puto da vida.
Quando entrei em casa ouvi um barulho vindo do quarto
da tia. Ela estava trepando! Os gemidos eram claros.
Pensei em sair correndo, mas ouvi aquela voz conhecida:
?Aí, filhinho, mete gostoso, vai, meu hominho,
assim, assim?.


Fiquei de pau duro ouvindo aquilo. E estático!
Na ponta dos pés me aproximei da porta e vi meu
primo metendo gotoso na minha tia. Ela estava de quatro
e ele a pegava por trás, bombando com força.
Meu pau ficou em brasa. Não sabia se saía
correndo ou batia uma punheta diante da cena. Acabei
colocando o pau para fora e dando início a uma
punheta inesquecível. Quando estava para gozar,
esbarrei na porta. Os dois, assustados, viraram-se e
me viram. Ficamos congelados. Minha tia me encarou e
meu primo perguntou o que estava fazendo aquela hora
em casa...
?Eu vim te chamar!?


Éramos duas crianças assustadas. Minha
tia saiu da cama e me puxou pela mão. Tirou minha
roupa sem falar nada. Meu pau continuava duro, mas a
vontade de gozar havia passado. Eu tremia de tesão
e medo. Minha tia me colocou em cima da cama e começou
a chupar meu pau. Meu primo ficou de lado, sem entender
nada. Ela veio por cima e colocou sua boceta na minha
pica. Virando-se para o meu primo pediu: ?Enfia no cuzinho
da mamãe, quero sentir dois hominhos dentro de
mim!?
Meu primo, com o pau mole, colocou na boca da mãe.
Como uma mágica, tirou de lá durinho e
foi direto enfiar no mimoso buraco. Nossos paus se encontraram
dentro dela. Um correndo do outro num vai-e-vem que
nunca mais esquecerei. Gozamos juntos e ficamos inertes.


A tia foi para o banheiro e de lá gritou para
a gente ir ensaboá-la. Meu primo parecia bravo,
não estava preparado para dividir a mãezinha
comigo. Principalmente porque meu pau era bem maior
que o dele. E a titia, apesar de chupar os dois, dava
uma atenção especial ao meu: ?O seu é
bem grande para a sua idade?.


Quando ela quis experimentá-lo no rabo, o primo
saiu do chuveiro, deixando-a preocupada. Mesmo assim
consumei o ato. Arregacei suas pregas. Naquela noite
eles dormiram juntos, sem se preocuparem com a minha
presença.
Nos anos seguintes os visitei como amante. Depois que
meu tio morreu eles mudaram e acabamos perdendo o contato.
Acho que sumiram de propósito. Minha mãe
não se conforma. Nem eu.


Gostaria de conhecer pessoas que se interessem pelo
tema (homens, mulheres, casais) para troca de experiências.
Podemos construir uma grande amizade; com sigilo e discrição,
respeitando os limites de cada um. Responderei a todos.

Incestuoso
MG 32453
Caixa Postal 18400
São Paulo – SP
04626-970

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

adorei o conto muito

adorei o conto muito exitante
se quiser me add no msn pra gente
tc tbm curto incesto
meu msn pedro_pufe@hotmail.com

eu mamae e papai

oi querido
fiquei molhadinha lendo sua historia.
tambem tenho caso com papai que sempre come meu cuzinho imaginando que ainda sou virgen,sempre escondido de mamae que tambem me faz gozar muito me lambendo toda.
acho que os dois sabe um do outro porem fingem não saberem para diminuir a culpa,acho eu.
beijão
camilinha

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
6 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4