Sou elementar

E me fiz terra,

Para sentir teus pés,

Mostrar-te os caminhos

Para com eles seguir.

 

E me fiz céu,

Para que sempre tivesse o brilho do sol,

A majestade da lua e a numerosidade das estrelas.

 

E me fiz mar,

Para tocar em teu corpo,

Banhar o seu rosto,

Sentir teu calor.

 

E me fiz fogo,

Para arder no teu peito,

Te esquentar o sentimento,

e te incendiar de arrependimento,

Por não enxergar

A entrega louca e total,

De quem só soube te amar.

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
1 + 6 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4