Tudo

No começo eu tinha medo de tudo.

Em tudo eu via sombras.

Em tudo eu imaginava o pior.

 

Depois aprendi que o tudo,

Era somente uma palavra

Que contrariava o nada.

 

E que o tudo não deixava que nada acontecesse.

Hoje gosto de tudo,

De tudo o que é bom

De nada o que é ruim.

 

Hoje aprendi que o tudo,

É tudo o que eu quero de mim.

E o nada....

Nada me lembra de nada....

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 4 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4