Num lindo lago azul

Vi em você um lago azul.

Um lindo lago azul,

Que se iluminava com os raios de sol

E cintilava com o brilho da lua.

 

Foi amor à primeira vista,

Não consegui me conter.

Meu coração palpitava,

Minhas pernas tremiam,

Eu nunca vi coisa mais linda.

 

Então mergulhei

De cabeça em você.

Não consegui pensar em nada.

Somente em mergulhar neste lindo lago azul.

 

Nadei por muito tempo.

A fundo te conheci o fundo.

Vi belezas que nunca enãontrei,

E que jamais imaginei existir num lindo lado azul.

 

Aos poucos, foi me sufocando.

Fui vendo e percebendo ,

Que o sol ja não iluminava e que a lua já não mais brilhava,

Neste lindo lago azul.

 

Quanto mais tempo eu estava

Dentro deste lindo lago azul,

Mas eu assustada ficava.

Via coisas que não queria,

Sentia coisas que não gostava,

Neste lindo lago azul.

 

A fundo te conheci mais fundo.

Vi que debaixo daquele fundo,

Tinha muito barro e coisa suja,

Que eu não queria perceber,

Naquele lindo lago azul.

 

Aos poucos, foi me matando,

E me prendendo no teu lodo.

Quanto mais eu me debatia,

Mais perto do leito da morte eu chegava.

 

O sol se foi.

É noite.

A lua está enãoberta por mais uma noite fria desta nossa cidade.

não vejo nada la fora.

Não ouço barulho nenhum.

Não sinto cheiro de nada.

Morri,

Pensando num lindo lago azul,

Dentro de um lamaçal barrento que sempre ali existiu.

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 6 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4