Pegar "carona" na web do vizinho dá cadeia

Usar o sinal da rede sem fio do seu vizinho para acessar a Internet de graça lhe parece um bom negócio? Cuidado: no Reino Unido isso dá cadeia. Com o aumento do número de conexões de banda larga sem fio nas residências britânicas, crescem também os casos de uso sem autorização dos pontos abertos de Internet. A prática - chamada, em inglês, de "piggy-backing" - é facilitada porque grande parte desas conexões sem fio não é protegida por senha.

De acordo com a agência Ansa, um homem foi preso no último domingo quando estava comodamente sentado dentro de seu carro, em frente a uma casa em Redditch, poucos quilômetros ao sul de Brimingham. Ele navegava pela Internet em seu laptop fazendo uso da conexão sem fio daquela casa - que, obviamente, não lhe pertencia.

No mês passado, uma mulher de 29 anos fora presa pelo mesmo motivo. Após serem detidos e notificados, tanto a mulher como o homem terminaram por ser liberados com uma advertência por "obter de modo desonesto serviços eletrônicos com o intento de não pagar por eles.

A primeira prisão no Reino Unido por "piggy-backing" foi a de um morador de Londres, Gregory Straszkiewicz, que pagou uma multa de 500 libras (cerca de R$ 2 mil) e foi condenado a 12 meses de prisão condicional. O fato ocorreu em 2005.

"As redes sem fio não param nas paredes da casa", disse Tony Humphreys, da polícia de West Mercia. "Sem as proteções necessárias, os vizinhos ou qualquer pessoa passando na rua pode se conectar à sua rede."

Há um animado debate ético na Internet sobre a moralidade de pegar carona em redes alheias. "Se a rede está aberta e eu não estou invadindo, é lícito usá-la", diz um participante de um fórum especializado.

Até um quarto das redes sem fio domésticas no Reino Unido não dispõem de segurança, de acordo com recente pesquisa do site financeiro www.moneysupermarket.com .

com agências internacionais

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 14 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4