As três peneiras

Flora ansiosa por contar a seu amigo Chico uma grande novidade que ouvira, foi logo dizendo: - Você nem imagina o que me contaram a respeito da... Nem chegou a terminar a frase, porque Chico aparteou: - Espere um pouco, Flora. O que vai me contar já passou pelas três peneiras? - Peneiras?! Que peneiras, Chico? - A primeira é a da verdade. Tem certeza de que esse fato é absolutamente verdadeiro? - Não, como posso? O que sei foi o que me contaram, mas eu acho que... - Então, sua história já vazou na primeira peneira. Vamos a segunda que é a da bondade. O que vai me contar é alguma coisa que gostaria de que os outros dissessem a seu respeito? - Claro que não! Deus me livre! - Então, essa história vazou na segunda peneira. Vamos ver na terceira, que é a da necessidade. Você acha mesmo necessário contar-me esse fato ou mesmo passá-lo adiante? - Não, Chico. Passando nestas peneiras vi que não sobrou nada mesmo que eu ia contar. Já pensaram como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem sempre essas três peneiras? Da próxima vez que surgir um boato por aí, passem-no nas três peneiras antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante.

Autor desconhecidol

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
1 + 7 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4