Risco de contágio de HIV por sexo oral pode ser próximo de zero

 As chances de contração do vírus HIV através de sexo oral sem proteção pode ser próximo de zero, segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos. O estudo reforça outros que mostram que o sexo oral é uma atividade de baixo risco de transmissão de HIV e que a saliva teria propriedades anti-HIV.

Até agora, dos 198 voluntários do estudo, que ainda está em andamento, nenhum contraiu o vírus. Há, entretanto, casos de pessoas que relataram ter contraído o vírus através do sexo oral, por isso os resultados obtidos devem ser analisado com cautela. "Risco baixo não é o mesmo que ausência de risco", alerta Ronald Valdiserri, do Centro Nacional de Controles de Doenças dos EUA.

Kimberley Page Shafer, uma das responsáveis pela pesquisa, admitiu que a amostra usada é pequena e que, portanto, pode ser um erro assumir a inexistência do risco de contágio. Segundo a revista britânica New Scientist, o uso de proteção não deve ser abandonado, até porque várias outras doenças, como a gonorréia e a sífilis podem ser transmitidas oralmente.

Redação Terra

 

http://www.terra.com.br/mulher/noticias/2001/08/23/002.html

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

ads

se eu fizer sexo oral em uma mulher contaminada eu posso pegar?

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
2 + 13 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4