Momento de Poder

  • warning: Missing argument 3 for translation_form_alter(), called in /home/maite/public_html/includes/form.inc on line 365 and defined in /home/maite/public_html/modules/translation/translation.module on line 99.
  • warning: Missing argument 3 for translation_form_alter(), called in /home/maite/public_html/includes/form.inc on line 365 and defined in /home/maite/public_html/modules/translation/translation.module on line 99.
  • warning: Missing argument 2 for syslog_help() in /home/maite/public_html/modules/syslog/syslog.module on line 19.
  • warning: Missing argument 2 for translation_help() in /home/maite/public_html/modules/translation/translation.module on line 31.

Solange Elizabeth Pearly, - projetista e design gráfico, participou durante uma década em escola tradicionalista de mistérios sediada nos EEUU; autodidata,  pesquisou e estudou a arte secular da cura dos Kahunas da Polinésia; estudou a Kabalah tradicional; estudou o calendário Maia e suas previsões; foi ufóloga praticante em vários grupos participou de grupos de cura e auto ajuda; estudou e pesquisou varias linhas filosóficas, religiosas e espiritualistas ( arte mahikari, escola messiânica, o espiritismo de Kardec; diversos ritos áfros; catolicismo e igrejas evangélicas;  praticante da radiestesia e radiônica, cromoterapia, e musicoterapia . Dedica-se hoje a pesquisa do comportamento humano e suas diversas nuances.

 

 

ARTIGO:

Por inúmeras vezes ouvi de estudiosos de psicologia que viver no passado era completamente errado; que o passado não acrescentaria nada ao momento de vida das pessoas; que o passado era retrocesso, uma volta atrás.

Apesar desses alertas e afirmações, muitas pessoas viajam dentro das suas mentes em busca de memórias e imagens de saudosas lembranças. Por quê?

Certamente os sopradores das trombetas do alerta se preocupam com àqueles que vivem no passado, ou se refugiam no passado, fugindo da realidade do momento presente, deixando assim de viver os instantes preciosos da vida, nada produzindo, simplesmente vegetando.
Entretanto, se fizermos essa viagem, ou seja, projetar a mente no passado e viver ou lembrar sensações e imagens que nos trazem gratas lembranças é fazer uma visita no que chamo de nossa "zona de conforto”. Porque zona de conforto? –

Primeiramente, porque estamos revivendo momentos que, mesmo se não tão agradáveis algumas vezes, não mais trarão desafios ou perigos a nossa segurança. Não estaremos mais sob ameaça de quaisquer fatos que nos surpreenda ou nos venha a causar algum sofrimento. Já temos toda a visão do que já foi uma experiência e já temos os resultados na mente. É como caminhar por uma estrada florída, de odores agradáveis, de belas planícies e montanhas: de águas cristalinas e sensações maravilhosas. Tudo, porém estático, sem mudanças, nada de novo, visto que tudo está gravado na nossa mente e.... já foi !

Podemos mudar alguma coisa? - Não - impossível! - ficou no passado. E quanto ao futuro? - Ocorre da mesma forma? - Nesse caso só nos resta imaginar, sonhar, planificar e.......só ! - Aqui não existe nada sólido como conhecemos lá no passado, onde vislumbramos um caminho já trilhado e memorizado. No futuro não existe nada palpável e já pronto. É como fosse um espaço vazio, nebuloso, sem cor ou formas; sem sons ou mesmo luz.

Apesar dessa imagem virgem, vazia e infértil, é justamente aí que reside a grande magia da vida. Justamente entre esses dois momentos, passado e futuro, existe uma lâmina delgada, dourada, plena de energia e artifícios.

Apesar de se mostrar muito fina, ela é ampla em horizonte e profundidade. Mostra-se rica em possibilidades, pois cada ponto da sua malha é moldável e manipulável. - Chamamos essa linha de presente, e cada ponto dela chamamos de momento ou instante.

Se quisermos encontrar uma palavra que bem define essa imagem, podemos chamar de Momento de Poder. È justamente nesse espaço que podemos "tudo"; -  criar, mudar, moldar, traçar, escrever, falar, registrar, compreender, aprender, sonhar, ser, fazer e desfazer, construir ou demolir. Uma única questão convém observar bem; esse pequeno mas amplo espaço é dinâmico, é rápido. Aqui o tempo domina. A função do tempo é, de forma imediata, jogar essa linha para trás, e quando ela vai nesse sentido, já não é presente; torna-se passado e, o passado já não mais alteramos. Por isso é que chamamos de Momento de Poder.

Nas nossas costas está o nosso passado e na nossa frente está o futuro.
Percebam que só existe um grande momento mágico; é o presente.
O produto dele torna-se passado, e o futuro é construído justamente nessa linha, através da nossa imaginação e nossos sonhos, Moldamos o nosso futuro no mágico momento presente.
Portanto, é preciso valorizar muito esse instante de vida.
O passado fica para as nossas gratas recordações.

Solange Elizabeth Pearly

Deixe sua opinião logo abaixo ou escreva para mim em solizabeth@uol.com.br