Ai Papai

...FAZIA TEMPO QUE NÃO VIA MEU PAI.MORANDO E NAMORANDO COM MAMAE SENTIA
SAUDADES DE VEZ OU OUTRA DELE POR ISSO SENTI UM CALAFRIO NO CORPO SENTINDO A
CALCINHA MOLHAR QUANDO NOS ENCONTRAMOS NOVAMENTE.
SENTI QUE MAMAE APESAR DE DEMOSTRAR GRANDE AMOR E DESEJO POR MIM,BALANÇOU
AO VE-LO NO AUGE DE SEUS CINQUENTA ANOS CABELOS GRISALHOS CORPO MASCULO E
BEM CUIDADO.
CONFESSO QUE SENTIA CIUMES DELES MESMO PORQUE MAMAE NÃO ME DEIXAVA SOZINHA
UM SEGUNDO COM ELE QUE SEMPRE QUE PODIA ME COMIA COM OS OLHOS.
EU PROVOCAVA SENTANDO COM AS PERNAS ABERTAS MOSTRANDO MINHAS CALCINHAS
ALISAVA OS SEIOS PERGUNTANDO A ELE SE ESTAVAM NO TAMANHO CERTO.
MAMAE RIA COM A MINHA EXIBIÇÃO E POR SABER SE PEGASSE ELE SOZINHO IRIA DAR
PRA ELE NÃO DESGRUDAVA UM MINUTO DE NOS.
NESTA EPOCA MORAVAMOS EM UMA CIDADEZINHA QUE A PEDIDO DE MAMAE NÃO VOU
DIZER O NOME,E LÁ ERAMOS CONHECIDAS COMO LÉSBICAS POIS NINGUEM DESCONFIAVA
QUE ERAMOS FILHA E MAE.
COM O REENCONTRO DE PAPAI VOLTAMOS PARA SAMPA INDO MORAR EM SEU LUXUOSO
APTO NO ALTO DA LAPA.
ERA NITIDO MINHA VONTADE DE TRANSAR COM PAPAI QUE NADA FAZIA PARA REPRIMIR
ISSO E COMO TUDO OQUE TEM DE ACONTECER....
NAQUELA MANHA ACORDEI MUITO MAU HUMORADA POIS COM PAPAI EM CASA NÃO
CONSEGUIA TRANSAR COM MAMAE TENDO QUE ME CONTENTAR COM AS INUMERAS SIRIRICAS
QUE SÓ ME DEIXAVAM MAIS TESUDA E COM DESEJOS,POR ISSO RESOLVI SAI PARA
PASSEAR INDO NA CASA DE MINHAS TIAS VOLTANDO A TARDEZINHA.
DEPOIS DE UM BOM BANHO VESTI UMA CAMISOLINHA DE SEDA BEM CURTINHA E VENDO
PAPI SENTADO NA SACADA DO TERCEIRO ANDAR DE SEU APTO CORRI SENTANDO EM SEU
COLO.
ME SENTIA INCOMODADA COM TUDO AQUILO CRESCENDO CADA VEZ MAIS ENTRE MINHAS
PERNAS SEPARADO SOMENTE PELO FINO TECIDO DE SUA BERMUDA.
DEPOIS DE COLOCARMOS OS ASSUNTOS EM DIA,ELE ME EXPLICAR PORQUE FOI
EMBORA,VOLTOU E FOI EMBORA DE NOVO,PEDIU QUE O PERDOASSE.
DISSE A ELE QUE PARA PERDOAR ERA PRECISO HAVER MAGOA E DE MINHA PARTE NÃO
HAVIA NENHUMA,IRIA FICAR MUITO MAGOADA SE ELE NÃO ME COMECE NAQUELE MOMENTO
COMIGO ESPALMANDO SEU ENORME PORRETE DE UNS 22CM QUE PARECIA QUE IA ESTOURAR
EM MINHAS PEQUENAS MÃOS.
COM MUITA MAESTRIA ABOCANHEI TUDO AQUILO QUE CRESCIA MUITO INVADINDO MINHA
GARGANTA E DEPOIS DE CHUPAR MUITO SENTI ELE INUNDAR MINHA BOCA ENCHENDO-A DE
PORRA.
INTENSIFIQUEI AS CHUPADAS DEIXANDO ELE EM PONTO DE BALA NOVAMENTE E QUANDO
ME COLOQUEI DE QUATRO IMPLORANDO QUE ME COMESSE O FILHO DA PUTA DISSE NÃO
INFORMANDO QUE A PEDIDO DE MAMAE NÃO IA FAZER NADA ALEM DO QUE ACABARA DE
DEIXAR EU FAZER.
CHOREI XINGUEI ESPERNEEI,FIQUEI PELADINHA POREM O FILHO DA PUTA ESTAVA
INRREDUTIVEL.
QUANDO FORCEI A BARRA ELE CONFESSOU QUE SABIA DO CASA ENTRE EU E MAMAE E
QUE A PEDIDO DELA NÃO IA INTERFERIR EM UM RELACIONAMENTO TAO BONITO E
VERDADEIRO COMO O NOSSO.
ME SENTI LISONGIADA AMADA COMPLETA POREM SABIA QUE NÃO IA CONSEGUI
RESISTIR AQUELE IMENSO PORRETE QUE JA ESTIVERA DENTRO DE MIM NA INFANCIA.
FUI PAR MEU QUARTO TOMEI UM BANHO FRIO E FUI DORMI.ACORDEI DE NOITE COM
MAMAE CHEGANDO DO SERVIÇO.
QUANDO DESCI ENCONTREI OS DOIS CONVERSANDO ANIMADAMENTE NA SALA E SEM QUE
ME VISEM FIQUEI DE ESPREITA COM PAPAI FAZENDO DE TUDO PARA COMER MAMAE.
ELA AGARRAVA PASSAVA AS MÃOS EM SUA BUNDA ALISAVA SEU ROSTO SEIOS,POREM O
MAXIMO QUE ELE CONSEGUIU FOI DEIXAR MAMAE NERVOSA DIZENDO QUE TUDO
AQUILO,REFERINDO AO SEU CORPO,TINHA DONA.
PAPAI LEVANTOU JA COM TUDO AQUILO NA MÃO AGARRANDO-A ENCOSTANDO NA PAREDE E
AO DOMINA-LA TENTOU BEIJA SUA BOCA ENQUANTO INTRODUZIA TUDO AQUILO COM FURIA
EM SUA BUCETA.
ELE ARFAVA GEMIA FALAVA PALAVRAS INCOMPLEENSIVAS ENQUANTO BOMBAVA E AO
PERGUNTAR AO PARA MAMAE ELA NUMA FRIEZA INCALCULAVEL INFORMOU QUE ELE ESTAVA
COMENDO ELA SEM CONSENTIMENTO O QUE CARACTERIZAVA ESTRUPO.
CALMAMENTE SE AJEITOU COM PAPI SAINDO DELA CABISBAIXO SENTANDO NO SOFA COM
AS CABEÇA ENTRE AS MÃOS ENQUANTO MAMAE IA PRO SEU QUARTO SEM NENHUM
COSTRANGIMENTO APARENTE.
CORRI PARA MEU QUARTO DEITEI FINGINDO DORMI QUANDO ELE DEITOU AO MEU LADO
DANDO-ME UM BEIJO TENRO E MACIO NA BOCA ME AVISANDO QUE IA TOMAR BANHO
DEPOIS VINHA ME AMAR QUE AQUELA NOITE SERIA SOMENTE NOSSA.
AO PERGUNTAR SOBRE O PAPAI ELA ME DISSE QUE EM SUA VIDA NÃO TINHA LUGAR
PARA MAIS NINGUEM.
ENQUANTO MAMAE ESTAVA NO BANHO,SABENDO QUE IA DEMORAR CORRI ATE PAPAI QUE
ESTAVA NA SACADA DO PREDIO SOMENTE DE ROUPÃO APROVEITE PARA SENTAR EM SEU
COLO E ENQUANTO CONVERSAVAMOS SENTIA TUDO AQUILO CRESCER MESMO COM ELE
TENTANDO ESCONDER DE MIM.
EM CERTO MOMENTO NÃO AGUENTANDO MAIS DE TESÃO ABRI AS PERNAS SENTANDO EM
TUDO AQUILO NUM GESTO REPENTINO E QUANDO ELE QUIS ME TIRAR DALI JA ESTAVA
TUDO DENTRO.
EU SUBIA COM ELE ME EMPURRANDO DEIXANDO TUDO QUASE SAIR DE MIM PARA SENTAR
NOVAMENTE
SENTINDO TUDO AQUILO BATER EM MEU UTERO.
NÃO RESISTINDO MAIS ELE SEGUROU EM MINHA CINTURA PARA ESTOCAR AQUELE FERRO
DURO DENTRO DE MIM QUE AOS BERROS GOSAMOS SIMUTANEAMENTE COM ELE TENTENDO ME
TIRAR DALI VENDO A CHEGADA DE MAMAE.
SENTINDO AQUILO TUDO AINDA MEIO FRACIDO PULSAR DENTRO DE MIM MORRI DE MEDO
TESÃO E ANGUSTIA QUANDO MAMAE SENTOU AO NOSSO LADO PARA CONVERSAMOS
ANIMADAMENTE.
ERA FODA PARA MIM CONCENTRAR NA CONVERSA COM TUDO AQUILO CRESCENDO CADA VEZ
MAIS DENTRO DE MIM.
AQUILO PARECIA QUE DAVA COICE NO MEU UTERO E ENQUANTO MAMAE CONVERSAVA
CONOSCO EU GEMIA BAIXINHO ABRACADA EM PAPAI COM O CORPO EM BRASA E TODO
TREMULO.
PARA DISFARÇAR COMECEI LEMBRAR FATOS TRISTE E COM ISSO COMECEI CHORAR
COPIOSAMENTE MUITO MAIS PARA EXTRAVASSAR TODO O TESÃO CONTIDO COM TUDO
AQUILO SOCADO EM MINHA BUCETA.
MAMAE CARINHOSAMENTE ABRACOU ME ARRANCANDO DOS BRACOS DE PAPAI E AO TENTAR
LEVANTAR SENTI AQUILO SAI DE MIM E QUNDO ESTAVA QUASE TUDO FORA PAPAI ME
AGARROU SOCANDO FUNDO EM MIM ME MATANDO DE TANTO GOZAR.
NESTE INSTANTE FOI IMPOSSIVEL CONTER OS GEMIDOS E ENQUANTO MAMAE ENCHIA ELE
DE PORRADA CHUTES E TODO TIPO DE PALAVROES ELE INTENSIFICANDO AS ESTOCADAS
ENCHEU MINHA BUCETA COM UMA QUANTIDADE SURPREENDENTE DE PORRA E AO SER
ARRANCADA DELE FUI CONDUZIDA PARA MEU QUARTO POR MAMAE QUE DEPOIS DE ME
XINGUAR DE PUTA SAFADA E OUTROS NOMES ENQUANTO ESBOFETEAVA MEU ROSTO ME
JOGOU NA CAMA PARANDO POR ALGUNS MINUTOS EM PE AO MEU LADO.
EU DEITADA COM O CORPO ARQUEADO CHORAVA AMARGAMENTE QUANDO ELA
CARINHOSAMENTE SE ATRACOU EM MIM BEIJANDO MINHA BOCA PEDIA MIL DESCULPAS
ENQUANTO SUAS MÃOS MASSAGEAVAM GOSTOSAMENTE MEU CORPO.
CARINHOSAMENTE ELE ME ABRACOU DEITANDO-ME SOBE SEU CORPO E ENTRE CARINHOS E
AFAGOS ADORMECI,ACORDANDO HORAS DEPOIS COM ELA MAMANDO GOSTOSAMENTE EM MINHA
BUCETA.
AO ME VER ACORDADA ELA VEIO ATE MINHA BOCA DEPOSITANDO NELA O MEU PROPRIO
GOSTO E FOI NESTA LOUCURA QUE AMANHECEMOS NOS AMANDO COM UMA GOZANDO MUITO
NA BOCA DA OUTRA.
JA COM O DIA CLARO LEVANTAMOS PARA O DESJEJUM E COM A MESA JA POSTA
ENCONTRAMOS UM BILHETE ONDE SE LIA : MEUS AMAORES A CASA É DE VOCES.FIQUEM
EM PAZ SEJAM FELIZES NUNCA VOU ME ESQUECER DE VOCES
BEIJOS PAPAI
AH POR FAVOR AVISEM O PORTEIRO QUANDO FOREM EMBORA.
NAQUELE MESMO DIA FOMOS EMBORA COM MAMAE ME CONSOLANDO ABRACADINHA EM MIM
ENQUANTO DIRIGIA DE VOLTA PARA NOSSA CASA.
BEIJOS
DEBORHA

ME ESCREVAM:carliantunessilva@ig.com.br

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
5 + 4 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4