O dia que virei amante de mamãe

Tudo começou quando ainda moleque tive que abandonar os estudos para ajudar mamãe e papai cuidando da casa e da duas irmãs que ficavam o dia todo sob meus cuidados.
Papai trabalha em uma empresa de ônibus e quase não para em casa,mamãe fica cuidando do pequeno comercio da famila no centro da cidade.
Sendo o irmão do meio e para não deixar minhas irmãs sozinhas mamãe pediu que fizesse esse sacrifício e com isso ela me mantinha dando um bom dinheirinho o qual fui juntando em poupança por isso pude comprar meu apto.
Tenho um corpo legal pernas bem torneadas bundinha arrebitadinha e hoje com marquinhas de biquine.cabelos loiros ate os ombros olhos claros seios médios apesar de ser hominho.
Mamãe me ensinou que em vidas pregressas fui mulher e por alguma culpa hoje sou homem preso no corpo de mulher,não acredito muito nisto,porem como negar um homem com trejeitos femininos,corpo bem definido o que causa inveja em muitas mulheres sendo que os únicos cabelos em meu corpo são a vasta cabeleira e os pelos do sílios,o restante do corpo parece pele de bebe de tão lisinha e bem cuidada..A única coisa que me faz ter que assumir uma postura máscula diante de uma sociedade hipócrita é os 22 cm que carrego entre as pernas.
Como teria que cuidar da casa mamãe permitiu que me vestisse como menina o que sempre foi meu sonho,isto na ausência de papai.
Depois de conversar com minhas irmãs que prontamente me cederam alguns vestidos blusinhas e sapatos notei que os olhos de minha irmã caçula brilharam diferente ao me entregar algumas de suas roupas.
Quando questinei mamãe a respeito das calcinhas e sutiem ela me deu um grande esporro afirmando que era pra tomar vergonha pois assim já era demais.
Os dias passavam tranqüilamente comigo aprovetando a ausência de meus pais e irmãs ficando sozinha a manha toda.
Com meu rico dinheirinho comprei algumas calcinhas de menina moça embora a vontade era de ter os modelitos iguais as de mamãe me contentava porem com números bem menores para que elas ficassem bem enterradinha na bunda.
A única preocupação era a chegada de papai Poe isso quando estava no quintal ficava sempre alerta aprovetando para me exibir ficando muito excitada com as cantadas freqüente e ate passadas de mão na bunda quando estava varrendo a calcada.
Certa manha estava no quintal de mini blusa e sutien bem pequenininho que realçava muito mais meus seios e um minúsculo shortinho onde mostrava toda a borda da calcinha quando fui surpreendida por minhas irmãs que chegaram mais cedo da escola junto com papai.
Foi aquele alvoroço com papai me esbofeteando muito o rosto minhas irmãs chorando e ele me expulsando de casa somente com a roupa do corpo na frente de toda vizinhança.
Corri dali indo para o mais longe possível sem rumo vestida com aquela roupinha que mais revelava minhas formas do que escondia.
Caminhei muito sendo assediada por homens e ate mulheres e enquanto caminhava livre leve e solta sentia um tesão enorme principalmente com o shortinho entrando todo no rabo fazendo meus seios quase estourarem de tão durinhos que estavam.
Já se fazia noite quando entrei naquele bar e estando muito arrepiada muito mais de tesão do que frio pedi um lanche e um suco sentando nos fundos onde estava bem quentinho e aconchegante.
Quando o lanche chegou devorei-o em instante e um senhor que bebia uma cerveja no canto do balcão puxou conversa comigo dizendo:
-cê ta com fome em gatinha...que mais um??
-não brigada respondi educadamente.
Quando dei por mim estava no maior converse com aquele senhor muito educado e cavalheiro apesar de bastante humilde.
Conversávamos animadamente quando ele avisou que tinha que ir embora e ao se preocupar comigo me convidou para ir dormir em sua casa avisando que podia ficar despreocupada pois tinha filhas da minha idade e jamais permitiria que dormissem na rua.
Fiquei mais tranqüila quando ele disse que essas brigas entre os filhos e pais era normal e ao acordar no dia seguinte tudo estaria resolvido automaticamente pelo destino.
Sai dali sob os olhares gulosos da rapaziada nos braços daquele senhor...

Sua casinha muito humilde e limpinha me cativou.tudo muito bem arrumadinho e quando elogiei ele me disse que aprendeu com sua esposa que morrera rescentemente deixando com ele uma filha que ao se casar mudou dali e como ele não que se desfazer da casa lembrando de sua amada resolveu morar sozinho se mantendo com sua aposentadoria e a pensão que recebe da falecida.
Por esta muito a vontade fiz a janta caprichando no cozido e após jantarmos ele me mostrou sua cama de casal onde deveria dormir e ele dormiria no sofá na sala.
Como não cedeu em sua decisão apesar de insistir muito cedi e após um bom e demorado banho vesti um vestido emprestado por ele que informou ser de sua filha que ainda manten algumas roupas ali.ao me vesti apesar de bem comportado fiquei com medo que o vestido revelasse meu segredo por isso resolvi ficar com a mesma calcinha apesar de estar um pouco incomodada com isso.
Quando sai do banho a cama já estava arrumada com ele muito solicito me dando um beijo na testa de boa noite.
Estava com a cabeça a mil quando de repente apaguei dormindo feito anjo.
Acordei já com o sol alto e ao levantar encontrei o café posto a mesa e depois do desjejum encontrei um bilhete e uma chave onde se lia:”menina bonita.desculpe por não saber seu nome ainda.Esta chave é para você entrar e sair quando bem entender de minha casa que agora também é sua.
Converse com seus pais pois eles devem estar muito preocupados com você.
Fique a vontade e volte quando quiser”
De seu amigo e pai João(nome falso é claro).
As lagrimas caiam quando terminei de ler e ao ligar para casa fui atendida por papai desligando em seguida sem mesmo me identificar...

Já era tardinha quando seu joão chegou encontrando a casa arrumadinha e depois de contar todo o acontecido ele perguntou como poderia me ajudar.
Informei que tinha um bom dinheirinho guardado e precisasse que ele comprasse uma casinha pra mim.
Ele sorriu dizendo que eu era mesmo um anjo mandado por Deus pois acabara de vir do banco onde tentou fazer um empréstimo para viajar não conseguindo por estar com o nome restrito em uma compra antiga que sua filha fizera e necessitava viajar para ajudar a filha que estava com o marido doente necessitando trabalhar e não tinha ninguém para deixar as crianças.Sorrindo muito ele avisou que venderia pra mim sua casa pedindo muito menos do que guardado ate ali.
Após assinarmos o contrato de locação no qual ele fez questão e ao nos despedirmos entreguei uma das chaves para ele avisando que a casa era dele e que voltasse quando quizese...

Com o restante do dinheiro fiz uma bela reforma em nossa casa fazendo uma garagem na frente onde montei um pequeno comercio de roupas femininas atraindo muito a clientela que me conheciam como Gisele.
Neste período ligava para casa quase todo os dias falando muito com minhas irmãs e mamãe que só acreditavam que estava bem devido aos presentes que mandava constantemente pra elas.
Certa tarde recebi a visita da filha de seu joão que me entregou os documentos da casa afirmando que era o sonho dele e ao perguntar por ele fui informada que ele tinha morrido...
Sentindo muito dei uma boa quantia em dinheiro pra ela mentindo que ele havia pedido que guardasse e entregasse nas mãos dela quando isso acontecesse.
Estranhamente senti um frio na espinha quando aquela bela jovem me abraçou em soluços,sentindo seus seios roçando nos meus seu hálito quente em meu pescoço e quando ela beijou minha boca fazendo me sentir o salgado de suas lagrimas desabei quse que gozando ali mesmo com o pinto querendo rasgar a calcinha de tão duro.
Não fosse ele sair dali correndo entrando no carro indo embora teria descoberto meu segredo.
Ainda chorava sentindo como que descarga elétricas no corpo quando senti as mãos de mamãe alisando minha cabeça e entre soluços me levantei grudando meu corpo ao dela e enquanto chorando pedia mil perdoes automaticamente nossas bocas se grudaram num beijo louco ardente e apaixonado sem me importar com as minhas clientes.
Ficamos uma eternidade nos beijando e minhas mãos bobas passeavam pelas costas de mamãe apertando descardamente sua bunda.
Institivamente pisquei para uma de minhas amigas enquanto empurrava mamãe para dentro e enquanto beijava sua boca colando ela praticamente na parede suas roupas foram caindo comigo mamando em seus seios beijando sua boca e quando cheguei na boceta parecia que tinha feito xixi de tanto líquidos.
Ajoelhada entre suas pernas fiz ela por uma das pernas em meu ombro e ao afastar sua minúscula calcinha pro lado afundei a boca em sua boceta fazendo ele urrar em múltiplos orgasmo comigo sem experiência nenhuma no assunto.
Mamãe estava mortinha molhando muito minha boca rosto e seios por isso foi conduzida por mim ate meu quarto e estando deitada ficou louquinha ao me ver somente de calcinha fio dental preto.
Sua boca passeava em todo meu corpo fazendo me estremecer toda e quando abocanhou meu pinto fui ao paraíso com sua boca mágica e quando dei por mim sua boceta estava em cima de minha cara onde cai de boca num frenético 69.
Foda mesmo foi quando mamãe sentou em meu pinto gemendo muito informando que era muito maior ao de papai.
Em cima de mim mamãe estava alucinada,gemendo gritando ora beijando minha boca ora meus peitos me levando a loucura e quando coloquei ela de quatro na cama soquei fundo em sua boceta fazendo ele arfar enquanto gozamos simultaneamente.
Calmamente fomos nos ajeitando uma ao lado da outra e depois de por as fofocas em dia partimos para mais uma sessão de amor comigo apesar do trabalho e sufoco meti fundo no cuzinho de mamãe que aos berros pedia que parace e quando parei implorou para enterrar tudo comigo socando muito e fundo inundando seu cu virgem de porra.
Mamãe vem dia sim dia não em casa informando que esta viciada em mim onde apresentei ela como minha namorada a minhas clientes e ao me avisar que vem sábado para passar a noite comigo trazendo suas duas amigas descobri que minha melhor amiga e vizinha ficou muito interessada em transa”lésbica” e com certeza vou dar um jeito de traçar ela mamãe e minhas irmãzinhas.
Fico toda arrepiada e durinha só em pensar em transar com minha irmãs junto com mamãe porem isto contarei brevemente.

Beijos:carliantunessilva@ig.com.br

 

 

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

confuso

muito confuso seu conto.

adorei

me add eu adorei

Elogio

O seu conto além de criativo e excitante tem coisas parecidas com o que eu vivo. Legal! Gostei. Espero que tenha continuação.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
7 + 11 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4