Italiano tenta entrar em presídio com dentadura

Um italiano tentou entrar no presídio Marassi, em Gênova, no noroeste do país, com uma prótese dentária feita de maconha, informaram fontes da Polícia penitenciária. Mas a novidade no ramo do tráfico foi logo descoberta.

 

Durante a habitual revista para entrar no presídio, os agentes acabaram detectando a droga.

- A substância entorpecente habilmente estava oculta na boca no lugar de alguns dentes que faltavam ao homem. Em suma, uma prótese dentária feita de maconha, disse Roberto Martinelli, secretário-geral adjunto do Sindicato Autônomo da Polícia Penitenciária.
 
Parece que o cheirinho estranho na boca do homem também denunciou o transporte de dentadura ilegal.

Martinelli acrescentou que na região da Ligúria, pertencente à Gênova, a porcentagem de detidos usuários de drogas é a mais alta da Itália - 39% contra 25% no restante das prisões do país. O secretário-geral do sindicato elogiou o profissionalismo dos agentes, mas pediu reforço e mais tecnologia para evitar que drogas entrem em presídios.
 

 

EFE

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
19 + 0 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4