Conheça o App que conecta motoristas e passageiras mulheres nas ruas de SP

Untitled Document

 

 

Uma pesquisa recente, divulgada pela organização internacional de combate à pobreza ActionAid, aponta que 86% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de assédio. Tem a quinta maior taxa de feminicídio - crime de ódio resultante da opressão e assassinato de mulheres motivado por um fator determinante: o machismo.

 

E neste cenário pautado pela violência e medo, a tecnologia se apresenta como importante aliada no combate à perseguição sofrida pelas mulheres em todo o país. Gabriela Correa é parte deste retrato. Em 2016, ao chamar um táxi por aplicativo, foi assediada pelo motorista. Episódio que a motivou a buscar uma resposta para aquela violência, evitando que outras mulheres passassem pela mesma situação.

 

Assim surgiu o aplicativo Lady Driver, um dispositivo de mobilidade urbana criado para atender especificamente mulheres: passageiras e motoristas. “Além das passageiras, descobri que as motoristas também se sentiam muito carentes por esse serviço. Elas não se sentiam acolhidas nos aplicativos comuns”, justificou Gabriela em entrevista à Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

 

O site do Lady Driver encontra-se em https://ladydriver.com.br/