Mulher ganha divórcio após marido não responder suas mensagens

Untitled Document

 

Seria ignorar mensagens de aplicativos e redes sociais o suficiente para gerar um divórcio? Aparentemente, para um caso em Taiwan sim.

 

De acordo com a BBC, uma mulher conseguiu o divórcio ao alegar que tinha as mensagens ignoradas pelo marido há cerca de seis meses. Ela teria usado um aplicativo de mensagens local, uma espécie de WhatsApp, para provar que o marido a estava ignorando e, assim, conseguir o pedido de divórcio.

 

Sem deixar dúvidas, afinal os tiques azuis que demonstram que a pessoa leu as mensagens entregam qualquer um, o aplicativo de mensagens serviu como "prova-chave" para as autoridades da cidade de Hsinchu, em Taiwan, afirmarem que o casamento da mulher estava "além da reparação", dando-lhe o direito de pedir o divórcio.

 

A mulher foi ignorado pela marido por cerca de seis meses. Até mesmo uma mensagem grave, em que ela dizia ter sofrido um acidente e estar indo ao hospital não foi respondida. Segundo informações do processo, os "tiques azuis" do aplicativo indicavam que o marido leu todos os recados e os ignorou,

 

“O réu não fez perguntas sobre a demandante, e as informações enviadas pela demandante foram lidas, mas não respondidas. O casamento do casal vai além da reparação”, diz a decisão judicial.

 

“Um casal normal não deveria se tratar assim. As mensagens foram uma peça importante de evidência. Elas mostram o estado geral do nosso casamento, que nós não temos uma boa comunicação“, explicou a mulher à BBC.

 

O casal estava junto desde 2012. Segundo a reportagem, eles tinham também outros problemas que colaboraram com o divórcio. Aos 50 anos, a mulher tinha que sustentar o marido de 40 anos, que não tinha renda fixa, e ainda precisava arcar com a maioria das despesas da família, que incluía a mãe, o irmão mais novo e a cunhada dele.