Divina SÃO PAULO - 'Open bar' de café serve a bebida à vontade por R$ 10

Untitled Document

 

No Unyc há café em várias versões, mas há apenas dois preços: R$ 5 por um copo e R$ 10 pelo direito de tomar a bebida quantas vezes quiser em um dia. "O cliente se serve nas máquinas e prepara do jeito dele. Para mim, não faz diferença se é expresso, cappuccino, se colocou leite ou canela", diz Sidney Vilhena, 33, criador do negócio.

 

De marca própria, o café é cultivado em Pedra Azul (ES), sem agrotóxicos, pelo modelo biodinâmico. As sementes são selecionadas, mas não passam por modificações genéticas. A colheita segue o calendário astrológico. Segundo ele, a posição dos astros no céu indica os momentos para plantar e colher e, assim, gerar frutos melhores.

 

Além do café, o Unyc vende refeições para consumo rápido e com apelo saudável e sustentável. Instalado no térreo de uma torre corporativa na região da av. Engenheiro Luiz Carlos Berrini, o espaço tem sanduíches, sopas, combinados de sushi, sucos prensados a frio e outros alimentos em embalagens para pegar e levar. Ou comer ali mesmo. As receitas são feitas com vegetais naturais, sem conservantes e com produção diária. O excedente é doado a funcionários do prédio.

 

A inspiração vem da Pret-a-Manger, rede com mais de 350 lojas nos EUA e no Reino Unido criada há 30 anos com a ideia de oferecer comida rápida, fresca e sem conservantes.

 

Vilhena tentou trazer a marca ao Brasil, como franquia, mas não conseguiu. Ele fez carreira em bancos de investimento, mas, em 2013, tornou-se pai e repensou a vida, por temer que as longas jornadas o fizessem perder o crescimento da filha. Achou melhor pedir demissão e foi morar em São José dos Campos, no interior paulista.

 

Após alguns meses, ele decidiu retomar a ideia de trabalhar com alimentação saudável e, junto com o amigo e sócio Paulo Cescon, começou a criar o projeto. Os dois foram até Nova York e passaram dias visitando as lojas da Pret e de outras marcas de comida saudável. "Prestávamos atenção do comportamento dos clientes aos detalhes das embalagens", lembra Vilhena.

 

Ao voltar a São Paulo, ele foi atrás dos produtores de orgânicos e viu que o excesso de atravessadores encarece o preço. Então, passou a negociar direto com os agricultores e busca formas para ajudá-los a se manter.

 

O negócio também busca atender à mudanças como o aumento dos locais de co-working e a redução do horário de almoço.

 

O Unyc prepara um app que entregará refeições nas mesas de trabalho, localizadas via GPS. Já outra função permitirá pagar os produtos da gôndola usando o celular.

 

*

Unyc. Av. Dr. Chucri Zaidan, 246, Vila Cordeiro. unyc.com.br