Moda

warning: Creating default object from empty value in /home/maite/public_html/modules/taxonomy/taxonomy.module on line 1390.

Por que a indústria da moda aposta na fusão de gêneros?

Famosa por seus machões, a Itália seria o lugar mais improvável para servir de palco para tamanha quebra de padrões. Mas em um recente desfile da Gucci, em Milão, charmosos rapazes de cabelos compridos tomaram a passarela vestidos com peças de chiffon e renda, blusas com laços enormes na gola e calças boca-de-sino com cintura alta.

Foi uma fusão de gêneros jamais vista nas coleções da adorada grife italiana - empreitada do novo diretor criativo da marca, Alessandro Michele. E essa não foi a única surpresa: a mulher Gucci apareceu na passarela com um look masculino e um tanto geek.

A Gucci não está sozinha. As grifes britânicas JW Anderson e Meadham Kirchhoff também demonstraram um interesse pela moda unissex, enquanto Saint Laurent, Prada e Givenchy são apenas alguns dos nomes da alta-costura cujas coleções masculinas recentemente incluíram saias, botas de salto alto e uma prevalência do rosa.

Moda gay movimenta mercado de tintas

(10/01/2008)

Uma fábrica de tintas serigráficas e de comunicação visual, líder no segmento, fez uma pesquisa e descobriu um novo nicho para a sua produção: o público GLS. Trata-se da Fremplast que produz tintas para as maiores estamparias do Brasil e da América Latina, localizada em Guarulhos na Grande São Paulo. “Esse público vem abrindo o mercado das estamparias”, constata o gerente de novos negócios, André Miotto. A fábrica passou a desenvolver tecidos e cores especiais e exclusivas que vêm ditando a moda no segmento.


Conteúdo sindicalizado