Gay

Coroa tarado me ameaça e me violenta brutalmente

Acontaceu à oito anos atrás. Na época; 46 anos, moreno, baixo, magro, casado e pai de dois adolescentes. Até então; extremamente machista e conservador, jamais poderia um dia, me imaginar numa situação como aquela.
naquele dia; eu viajava rumo ao centro da cidade, sentado no último banco de um ônibus (frescão), quando ao meu lado, sentou-se um senhor (60/65anos), negro, alto, forte, careca, bigodão e vestido num alinhado terno. Fato muito comum; se o ônibus não se encontrasse práticamente vazio e com diversos bancos disponíveis.
 
Pouco tempo após retirar o paletó e pô-lo sobre o colo, começou a roçar insistentemente uma das suas pernas na minha, me deixando bastante irritado e prestes a reagir. mas; ao perceber que usava uma aliança em sua mão esquerda e constatar ser ele também casado, fui tomado por um repentino e estranho desejo.

Comendo o moreninho gostoso do manhunt

Ola, me chamo Lucas (ficticio), moro em Saquarema - RJ tenho 32 anos, sou branco, 176 de altura, olhos e cabelos castanhos, 100kg aproximadamente, sou gordinho, tenho pelos nas pernas, bracos, peito e barriga sao poucos, modestia parte sou bonito, pelo menos todo mundo diz, tenho coxas grossas. Sou gay e sou sexualnente ATIVO. Vou relatar aqui o meu primeiro conto. Bem tudo comecou quando me cadastrei no site Manhunt, comei a conversar com um cara q mora na capital, ou seja RJ, um dos bairros do rio, ou seja do rio ate saquarema da 1:30 de onibus, vou chamar esse cara de Roni (ficticio) ele e moreno claro, cabelo a maquina 1, aproximadamente 168 de altura e uns 65kg ele.e parrudinho, um gatinho.

Por que existem homens gays?

O termo "opção sexual" parece cada vez mais afastado da realidade – muitas pessoas defendem há anos a utilização de "orientação sexual", ou termos semelhantes. Isso porque ser hetero ou homossexual parece não ser uma escolha ou opção. Novas pesquisas indicam que já nascemos gays, ou não, por causa da genética.

Se a homossexualidade é realmente genética e hereditária a pergunta mais correta seria: Porque homens gays não foram extintos? Já que há uma grande desvantagem reprodutiva em ser um homossexual masculino: eles não podem se reproduzir naturalmente. A resposta pode estar nas suas mães e tias.

Sacanagem pra festejar meus 18 anos

Bom, começo me apresentando. Sou Pietro (fictício), Tenho 18 anos, por volta de 1,70 de altura, uns 55kg, moreno, olhos escuros. Não me considero bonito, mas os caras dessa cidade vivem querendo me pegar hehe !

Moro numa cidade bem pequena, como sou muito discreto dificulta por que poucos percebem que o que gosto mesmo é sacanagem com homens fodões.
Enfim, andava com um tesão maluco ultimamente e só crescia, acabei de completar 18 anos e resolvi procurar um cara que rasgasse as pregas do meu cuzinho até então bem fechado. Já chupei algumas vezes, alguns tentaram me enrabar só que doía muito e por falta de um jeitinho nunca dava certo. Até que no dia do meu aniversário, a tarde, entrei no bate-papo da cidade procurando ativos discretos. E encontrei !

Realizei a fantasia do Sr. João

Meus anúncios sempre me renderam bons frutos.
Recebi uma carta de um senhor, morador de uma cidade próxima a Juiz de Fora - MG.
Na carta ele me disse que sempre teve vontade de experimentar ser passivo com outro homem, mas por morar numa cidade pequena e ser de família conhecida no local, acabou sufocando a vontade. Hoje, com pouco mais de 60 anos, pai de 3 filhos e avô de alguns netinhos, resolveu colocar em prática o que sonhou a vida inteira. Revelou que numa viagem a Belo Horizonte, procurou um garoto de programa, mas infelizmente a coisa não fluiu como esperado. Desistiu mais uma vez, mas através de um amigo, conheceu uma revista, onde haviam centenas de anúncios, o que o deixou deslumbrado e com o cuzinho piscando com a possibilidade de encontrar quem realizasse suas fantasias. Disse ter escrito algumas cartas, mas obteve poucas respostas, uma delas, a minha. Trocamos telefone e conversamos bastante.

Esfrega na sauna

Quero relatar o que aconteceu comigo numa sauna em Juiz de Fora, onde passava férias.

Fiquei lá a tarde pra curtir a sauna (Sparta´s- recomendo!) e ver se rolava algo mais, claro. Muitos homens andando de um lado para o outro, sem dar pinta de querer nada. Depois fui perceber que a maioria já se conhecia e estavam procurando alguém que não era da turma para atacar. Acho que eu não fazia o tipo deles e fiquei sozinho... Melhor. Muitos com pinta de homem mas quando começavam a conversa saía aquela voz anasalada que não me dá tesão algum.
Tinha um cara, no entanto, que ficou o tempo todo tomando cerveja sozinho, vendo tv (não os vídeos pornôs). Devia ter uns 46 anos (eu tenho 44), corpo em cima, barbicha, um pouquinho grisalho e super discreto. Lembrei-me que tinha visto ele outra vez e que ouvi ele dizer que não curtia a sauna em si (as salas a vapor e seca), mas só o ambiente pra relaxar. Assim, não entrava mesmo na sauna a vapor, que onde eu mais fico.

Casado chupando primeira vez

Olá, meu nome é Alex, tenho 45 anos, sou casado á 23 anos e vivo muito bem com a minha esposa, apesar de termos uma vida sexual muito ativa (praticamente todos os dias), sinto falta de algumas coisas. Adoro sexo oral, mas a minha esposa, que é do interior, é muito reservada, apesar de já ter feito isso algumas vezes, parece que fica meio sem jeito, de modo que eu preciso praticamente de implorar para isso acontecer, o que fica muito chato.
Entăo fui pela primeira vez a uma dessas galerias eróticas, onde vocę assiste a filmes porno em cabines individuais que tęm um buraquinho onde uns viadinhos ficam ali implorando para te chupar.

Saciando a Vontade

Bem, tenho 22 anos, sou moreno, 1,82m, 77 kg, corpo atlético. A história que eu vou contar aconteceu comigo em fevereiro de 2009. Eu tinha acabado de completar 19 anos, e meu namoro até então com uma menina muito linda, estava balançado. Namorava com ela já fazia 5 meses, e vou chamá-la de Amanda. Desde que comecei a namorar ela, fiquei distante de um grande amigo meu, até então, meu melhor amigo. Aqui vou chamá-lo de Léo. Ele era extremamente lindo ! Cabelo loiro e liso, magro, porém com um corpo totalmente definido, pele naturalmente bronzeada, aproximadamente 1,78m. Naquela época ele tinha 17 anos. Conheço ele faz quase 10 anos. Éramos inseparáveis. Ele sempre apoiou meu namoro com a Amanda, e torcia para que ficássemos juntos. Eu gostava dela, mas nunca amei, e namorei ela por namorar, levava o namoro. Ele era muito bonita, morena, cabelos longos, e um corpo de parar o trânsito. Mas, eu não a achava atraente.

Amor...Família...Amor...

Os dois corriam pela bela praia. O rio de águas negras corria lentamente. As árvores altas balançavam com o vento e a areia brilhava com o a luz do Sol.
Thiago – Você não vai me pegar!
Renan – Você não consegue correr mais rápido guri!
Renan derruba-o na areia. Agarra seus braços.
Renan – Hahaha! Você é fraquinho amor...
Thiago – Você foi treinado pra isso, eu não. Bobo...
Os dois se olham profundamente. Existia uma ligação entre os dois além de qualquer coisa. Existia amor. Amor mais imenso que o rio que corria lentamente. Amor mais forte que o vento que açoitava as árvores. Amor mais puro que a areia branca da praia. Os dois se beijam. E se abraçam.
Renan– Tem areia no seu cabelo... - diz ele rindo.
Thiago – Pois é! Alguém me derrubou!
Renan – Vem! Vamos pra sombra.

Na praia do Calhau - MA

Olá..
Primeiramente deixe eu me apresentar a vcs:
Meu nome é Paulo, sou moreno claro, tenho 24 anos, 1.71 de altura, tenho aproximadamente 65 kg, sou Carioca, mas moro numa cidade do Sul do Maranhão e freqüentemente vou a São Luís à trabalho.
O que vou relatar para vcs agora é uma história real e aconteceu tem mais ou menos duas semanas...
Em São Luís tem um quiosque, chamado Refúgio Alternativo, bem na praia do Calhau, onde todos os domingos rola uma festa muito legal com DJs, muita música boa, casais héteros e gays misturados, gente solteira e muitaaaaa pegação, como não podia deixa de ser.. Enfim, um ótimo lugar pra se divertir nos finais de semana Ludovicense.
Mas vamos ao conto de fato..
Estava eu num desses domingos lá me divertindo, dançando, quando me dirigi à faixa de areia para fugir do som para atender ao telefone.

Um casado moderno sem preconceito

Meu nome é Alex 43 anos, sou casado a 21 anos e já contei aqui duas experiências que tive com outro homem
(Casado chupou e gostou) E (Eu sou casado e ele tambem)
Nessas duas experiências eu conto como chupei um cara pela primeira vez e um advogado que me chupou e eu retribuir. Vale dizer que eu não sou gay e não curto anal de forma alguma com outro homem, mas essas duas experiências mexeram comigo.

Depois desses dois ocorridos nunca mais tinha acontecido nada nesse sentido, já tinha me dado por satisfeito e até mesmo as cabines eróticas que eu freqüentava para ser chupado por uns carinhas ali presente, parei. Ficou até mesmo um sentimento de culpa, mas acabei esquecendo tudo.
Jamais pensava em repetir essas experiências.

Os filhos da vizinha - parte 2

Olá a todos, sou de SP capital, sou um cara normal olhos claro e muito discreto, sou casado, e não dispenso uma putaria entre machos.

Tenho preferência em ser ativo, mas na hora H não tenho distinção entre ser passivo ou ativo, deixo rolar. Vamos ao que mais interessa.

Sogra doente, minha mulher filha única ficou uns dias na casa dela dentro de Sampa mesmo mas como aqui é muito grande e o transito infernal, para elas duas ficava melhor que ela ficasse lá, e levou nosso filho junto. Então estava sozinho em casa.

Tenho uma vizinha que tremendamente gostoso é separada e tem dois filhos que moram com ela, Leonardo e Bruno, e frequentemente viaja a trabalho.

Os filhos da vizinha - parte 1

Olá a todos, sou de SP capital, sou um cara normal olhos claro e muito discreto, sou casado, e não dispenso uma putaria entre machos.

Tenho preferência em ser ativo, mas na hora H não tenho distinção entre ser passivo ou ativo, deixo rolar. Vamos ao que mais interessa.

Sogra doente, minha mulher filha única ficou uns dias na casa dela dentro de Sampa mesmo mas como aqui é muito grande e o transito infernal, para elas duas ficava melhor que ela ficasse lá, e levou nosso filho junto. Então estava sozinho em casa.

Tenho uma vizinha que tremendamente gostoso é separada e tem dois filhos que moram com ela, Leonardo e Bruno, e frequentemente viaja a trabalho.

Fábio, o amigo do meu pai!

Olá esse é o meu primeiro conto aqui, me chamo Nick, tenho 19 anos 1,68 e 60 kg, sou moreno claro o que aconteceu comigo já faz algum tempo, era sexta-feira, estava sozinho em casa, meus pais tinham viajado na quarta - feira, estava trocando de roupa, por que tinha acabado de tomar banho, coloquei uma calsa de moleton que deixa a minha bunda bem desenhada, ( sou bem bumdudo, tenho uma bumda bem redonda ) e uma camiseta de manga cumprida, quando eu estava colocando uma meia nos pés, a campainha tocou, para a minha surpresa era o Fábio, o amigo do meu pai, ele era moreno de 1,80 olhos verdes uns 70kg, e uma bumda de dar inveja, comprimentei ele, e ele logo me pediu do meu pai,
( ele ) - Eaí Nick, tudo bem? o teu pai tá aí?
( eu ) - Oi tudo bem sim! ele viajou só volta terça-feira.
( ele ) - Hum.. eu precisava falar com ele.
( eu ) - mas por que voce não liga pra ele?
( ele ) - Bah mas eu estou sem cartão no celular!
( eu ) - liga do meu, entra aí vai!

Dois machos na Frutinha

Aconteceu em Campinas, numa bela chácara de um amigo meu, com quadras de tenis e volei, piscina e tudo o mais. Era uma festa simples, de tarde, com muitas pessoas, eu quase não conhecia ninguém.

Veado é Tudo Igual!.. Será Que Tenho Razão Mesmo?

Em 15/06/2005 fui passar minhas férias na fazenda de meus Tios em Goiás. A fazenda está localizada em Alto Paraíso na Chapada dos Veadeiros. Uma propriedade linda com uma fachada moderna e aconchegante, totalmente voltada para o desenvolvimento sustentável. Lembro do aroma do campo e dos pastos, das áreas utilizadas para as criações de cavalos e de gado. Muito bonita também era a área utilizada para a agricultura, aproveitando o riacho que corta a propriedade.

Chegamos por volta das 22h00min do dia 15/06/2005, uma data em que não esquecerei jamais, pois minha vida mudou muito durante esse período. Meus Tios Sandoval e Wanda nos receberam e estávamos tão cansados que fomos dormir. Ao amanhecer descemos para tomar o café e nossos Tios nos informaram que estariam ausentes por uns quatro dias para participarem de uma exposição de criadores de gado. Ficaríamos aos cuidados do Capataz Tarcísio, que nos atenderia em tudo, pois era a pessoa de confiança da fazenda.

O primo gostoso do meu amigo

Oi, meu nome é bruno e moro em valinhos SP, tenho 18 anos, pele clara, cabelos e olhos castanhos, tenho cerca de 1,80, sou meio gordinho mas digamos que atraio olhares hehe. Nunca peguei homem, nunca dei, nem chupei ninguém, mas esse fim de semana, sábado 21/04 foi quase.

Eu e meus amigos sempre nos juntamos na casa um do outro quando os pais saem e passamos a noite inteira comendo e jogando vídeo games, já fizemos isso milhões de vezes e sempre foi tudo muito divertido e decente, mas nesse ultimo, íamos pra uma chácara dos avós de um amigo e foi tudo diferente.

Vendo estrelas com um Homem

Olá pessoal, me chamo Brunno Scarlett e esse é o meu primeiro conto aqui. Há muito tempo leio relatos e histórias, na Casa da Maite, que me deixam arrepiados. De tanto visitar esse maravilhoso site, resolvi dividir minhas experiências e também colocar minha imaginação em prol da nossa busca por leitura prazerosa, tentando retribuir os ótimos momentos que vocês me deram e ainda dão. Espero que gostem. Eu sou moreno claro, tenho 1,73m, 30 anos bem vividos; sou um cara simples, que adora viver o lado positivo da vida.

Dei naturalmente

Olá, tenho 51 anos de idade, aposentado, casado e aventureiro.
Peso 94 kg,  1,74m de altura, calvo pênis de 13 cm.
Há muito tempo quando eu e minha mulher transamos introduzimos vibradores em nós mesmo, nela na vagina e ânus e em mim é claro só no ânus.
Quando o vibrador atinge a região da próstata me dá muito prazer, e para não sentir dores usamos lubrificantes e preservativos.
Minha mulher sempre me incentivou a dar para alguém de verdade, sentir um pinto de verdade e mandou-me procurar um gay, más sempre usar preservativos.


Conteúdo sindicalizado