Contos Eróticos

warning: Creating default object from empty value in /home/maite/public_html/modules/taxonomy/taxonomy.module on line 1390.

Chupei e gostei 2

Olá pessoal, vocês devem lembrar do primeiro conto em que minha
esposa salvou nossas vidas transando com os assaltantes que entraram em
casa e que eu chupei o pau de um deles e gostei. Ela me cobrava e dizia
querer que eu perdesse a virgindade com um amigo meu que ela achava
muito gostoso. Depois de muito relutar acabei topando e contei para ele
nosso desejo.

Casado com calcinha

Sou de Jundiaí e vou contar a vocês a minha transa com
um negão que conheci na sala de bate papo. Eu estava teclando quando um
cara me enviou uma mensagem que queria teclar comigo, eu perguntei o
que ele curtia e ele disse que era só ativo.

Faça chuva, faça sol

Final de semana, dia ensolarado só com umas nuvens no céu que faziam o
passeio ficar mais interessante, ainda mais com um amigo gostoso.
Estávamos pedalando há alguns minutos e conversando sobre sexo, até que
Gustavo me perguntou se eu teria coragem de ficar com um cara.


percebendo a verdadeira intenção da pergunta respondi que sim, mas que
teria que ser com um amigo discreto. Ele deu uma risadinha sacana e foi
logo dizando: "Cara, eu sou teu amigo há dois anos, gosto do seu corpo.
Sou discretão, se você tivesse afim, queria te experimentar!"

Casado na net

Sou do norte de Santa Catarina, casado, procuro me cuidar sempre, malho
todos os dias, não fumo, bebo socialmente e sou muito safado, sou uma
pessoa que na cama não tem fronteiras nem frescuras, que se entrega
plenamente... Apesar de ser casado, de vez em quando pinta uma
sacanagem muito legal com pessoas que conheço através da net, pois
estou sempre conectado e procurando pessoas safadas como eu e a fim de
sexo sem fronteiras... Certa vez, em meu e-mail recebi um contato de um
casal também de SC, que procuravam uma pessoa assim como eu, que entre

Pescaria inesquecível

Olá pessoal do Mix Brasil, sou pescadora profissional! Sou apaixonada
por rios e mares! Foi em uma de minhas pescarias que aconteceu algo
muito erótico... Estava na beira d um rio tanquila esperando que algum
peixe mordesse a minha isca... quando ouço algo no meio do mato a se
movimentar. Corri pra trás de umas pedras e fiquei a esperar o que
seria. Para minha surpresa... eram dois homens maravilhosos. Nossa...
que corpo! Eles foram se aproximando, começamos a conversar.

Chupei e gostei

Eu e minha esposa já participamos de um swing, mas o que vou contar
nunca imaginei acontecer. Estávamos jantando sossegados quando num
repente três caras invadiram nossa casa. Rapidamente nos rendem na
cozinha, nos levam para a sala. Enquanto um nos vigia, os outros dois
sobem para os quartos. Ouvimos barulho de portas de  armário, coisas
sendo jogadas no chão. Voltam de mãos vazias.

Sexo das Guianas

Meus
amigos do Mix, vou relatar a voces a volta dos meus amigos das Guianas,
Piter e Dolores que chegaram a Belém na sexta feira passada, para ficar
uns 4 dias. Nos encontramos no hotel e marcamos para a noite sairmos
para botar as fofocas em dia. A Noite Dolores desceu primeiro e eu já
estava no restaurante tomando uma cervejinha. Ela estava vestida com
uma calça rosa muito justa que mostrava a marca da calcinha e da buceta
e uma blusinha bem fina que dava o contorno dos peitos. Ele desceu

Marta e os mórmons

Olá gatinhos e gatinhas! Cheguei hoje de férias e envio-vos um contito que escrevi. Escrever este conto deu-me muito goso. Antes de lerem, por favor, saibam que este conto é altamente bissexual e contém referências religiosas. Leiam só aqueles que têm espírito aberto para este tipo de coisas. O conto é fictício.

Beijinhos da Rosinha

Minha primeira experiência BI

Final de ano chegando, e nós estávamos nos preparando para viajar para a praia. Toda a família ia para Enseada, SC., Então nós teríamos que ir também, pois em outra praia não poderíamos sair sozinhos, não teríamos com quem deixar nossa filha.

Eu gostaria de ir a Florianópolis, disse o Marcio, tenho um amigo, que mora lá e poderíamos ficar hospedados em sua casa, é na praia de Ingleses, poderia ficar um veraneio bem barato, mas realmente não teríamos com que deixar a filha para podermos sair nas noites.

Minhas bizarrices

Morava ainda na casa dos meus pais, quando chegou do interior, para
morar conosco,  uma sobrinha da mulher de meu pai, que nesta época já
era casado pela segunda vez, a menina tinha 19 anos e era mais velha
que eu e meu irmão, que tínhamos eu 17 e meu irmão 16, a menina vinha
de uma fazenda onde morava com a mãe viúva e pretendia vir para a
cidade grande estudar. Ela era morena com cerca de 1,60 de altura olhos
verdes pernas torneadas e um bumbum arrebitado,  mas sem ser grande e
era bem bonita, era um  filezinho, mas como meio parente eu nem liguei
muito para ela.

Assim servem as escravas

O Mestre bota karina vadia de quatro, com os dedos da mão esquerda
brinca na menina e no anelzinho.  Com a mão direita, o Dono tampa a
boca da escrava que pouco se mexe.  É uma posição na qual a puta fica
completamente à disposição do Senhor e tal fato aumenta a satisfação do Tio João.


-  Fica de quatro, vagabunda. – o Dono ordena.

Professora de massagem torturada II

Continuando meu relato anterior, Marina havia ficado amordaçada e
amarrada dentro da gaiola, enquanto eu e o meu amigo saímos, prometendo
voltar em breve. Como Jorge não podia voltar ao local pois a empresa
tinha chamado ele para resolver uns serviços, eu voltei ao motel
sozinho. Encontrei ela no mesmo local que havia deixado anteriormente.
Perguntei se ela estava com fome (é lógico que estava, mas fiz questão
de perguntar). Ela acenou com a cabeça que sim, estava com fome. Então
pedi na recepção um sanduíche para ela e um refrigerante. Enquanto a

Professora de massagem torturada

Minha irmã faz um curso de massoterapia. Um dia ela perguntou se eu
queria participar de uma sessão de massagem para as alunas treinarem.
Eu sem dúvida fui, só pensando nas mulheres que passariam a mão pelo
meu corpo. Convidei um amigo e fomos os dois. Chegando no local, vimos
que só tinha mulher gata, tinha para todos os gostos: loiras e morenas.
Eu sou ruivo, pele branquinha, olhos castanho-esverdeado e um pinto
grande e grosso. Sou uma pessoa atraente em todos os sentidos. Meu
amigo é loiro, olhos azuis, pele branca... não tem mulher que não babe

Enquete: A, B, C ......... dos homens que curtem bonecas. Com qual ou quais você se identifica?

A - Sou adepto de uma transa tranquila, sem muitas acrobacias e exageros. Gosto de dar e receber carinho. Gosto de ser ativo e passivo e também proporcionar prazer à boneca que está comigo.

B - Sou muito safado. Adoro uma boneca gostosa que seja mais safada do que eu. Gosto de muita putaria. Beijos molhados, beijos gregos, lambe-lambe total. Gosto de dar o rabo e também de comer um. Gosto de gozar na cara da boneca e gosto quando ela faz o mesmo comigo!

A triste vida fácil das travestis de programas

Dentro do mundo dos homossexuais, o grupo mais polêmico sem dúvida é o das travestis.
Nós, somos a primeira bandeira que se desfralda ao vento, mostrando quem somos. À luz do dia,
no confronto de dois mundos: a devassa, a ladrona, a drogada e o choque com a mais puritana sociedade...

À noite, a devassa, a ladrona, a drogada, a gostosa e o encontro com uma parcela da mesma sociedade,agora consumidora... Quanta hipocrisia!!!
Nós, as travestis, êta bandinho de gente complicada... Uma querendo engolir a outra...

Trenzinho

Um cliente safadinho do interior do Paraná estava hoje em Curitiba, estando aqui ele gosta de vir brincar comigo e algum dos meus amiguinhos pauzudos. Desta vez eu chamei o Robin. Primeiramente meu safadinho chega e toma um banho bem caprichado com direito a chuquinha. Feito isso vem para a cama e fica brincando comigo até meu amiguinho chegar...

Bochechas rosadas

Que tarde tumultuada, telefones tocando, informações pra cá, informações pra lá! Até que uma ligação me fez ignorar as outras... Pelo menos por uma hora... Um gostoso, um delicioso homem que chamo apenas de vizinho. São meus apelidos que me dão aquela informação que preciso no ato. Vizinho de apartamento, rua, ou proximidades nunca foi. Mas, digamos que quando nos conhecemos, ele trabalhava a umas vinte quadras daqui. Por isso ficou "meu vizinho"... Ah se fosse vizinho propriamente dito, não iria prestar, rs...

O ativaço carioca

Ontem me esbaldei na balada e hoje já passava do meio-dia quando acordei. Mas, passava da 1 da tarde quando levantei. Feriadão, sábado à tarde, resolvi ir à lavanderia levar para lavar minha roupa suja que acumulou durante a semana...Semana que foi de frio e chuva...

Tudo começou com um e-mail que ele enviou

Já faz 5 anos, e eu não me esqueci de você. Também, nem há como, pois você foi a primeira a me satisfazer de forma mais completa, absoluta. O primeiro pau que chupei, a primeira vez que dei, a primeira boneca que comi... uau, só de lembrar...

Te conhecer foi tão fantástico que acabou causando um problema: o padrão de qualidade estabelecido foi tão alto que as experiências posteriores foram todas decepcionantes, acabando por diminuir meu interesse em encontros "reais" com bonecas e limitando minhas fantasias à internet apenas.

Eu tenho vontade de sair com uma boneca, mas tenho medo...

Se o seu medo for de doenças, a melhor coisa é usar camisinha para tudo... Procure saber o que ela faz com um cliente na cama, se você achar que a mesma possa ser do tipo que oferece qualquer tipo de doenças, recuse. Se quiser arriscar, faça o que eu já disse, camisinhas em tudo e evite inclusive beijos. Afinal aquela boca pode ter feito a pouco um bochecho de porra, rs...


Conteúdo sindicalizado