Lésbica

warning: Creating default object from empty value in /home/maite/public_html/modules/taxonomy/taxonomy.module on line 1390.

Casais lésbicos apresentam menor nível de estresse em relação aos seus filhos

Um estudo publicado na revista Acta Paediatrica avaliou o estresse parental em casais de mães lésbicas e comparou os dados obtidos com pais heterossexuais, após fertilização in vitro (FIV) ou gravidez espontânea.

Esta pesquisa ocorreu durante o período de 2005 a 2008 e fez parte do estudo multicêntrico sueco sobre doação de gametas. Foi composta por 131 mães lésbicas, 83 pais heterossexuais de fertilização in vitro, que usaram seus próprios gametas, e 118 pais de gravidez espontânea.

Os participantes responderam ao questionário quando a criança tinha entre 12 e 36 meses de idade. O estresse parental foi aferido pelo “Swedish Parenting Stress Questionnaire (SPSQ)”.

Amiga da minha irmã

Meu nome é Rafaela tenho 28 anos, 1,71 74kg, cabelos pretos longo, e olhos verdes.. Sou les desde que me entendo por gente , e assumida na minha família . Pois bem, estava eu voltando de uma festa com amigos por volta das 3 da madruga, como moro com meus pais e irmã entrei em casa na ponta dos dedos. Fui ate a cozinha tomar um copo d'agua e subi pro meu quarto.

Minha irma Letícia ( hetero convicta ) tinha convidado uma amiga de fora pra dormir em casa, a Talita , uma Lourinha de 26 aninhos de dar agua na boca, mas ate onde sabia tinha namorado e tudo então nunca tentei nada.
Como tinha tomado todas naquela noite entrei no meu quarto tirei a roupa e fui direto para o chuveiro, e 20 minutos depois já estava na cama.

Meu amor virtual

Bem me chamo Anny na epoca tinha 22anos,loira,magra,olhos esverdiados,tenho 1 .63,moro em Sao Paulo,conheci uma mulher em um bate papo,Laura que na epoca tinha 17anos,morena,cabelos pretos ondulados,olhos pretos,magra e com curvas,com 1.60, morava em Minas Gerais,eu era hetero,mas sempre tiver curiosidade de transar com uma mulher,comecamos a conversa e logo nos identificamos muito,trocamos telefone e passamos 6meses nos conhecendo,trocavamos fotos,e a cada dia estavamos mas ligadas uma a outra,ate que nos declaremos,ela ja havia feito sexo com outras,mas nunca,deixado que outra rompece seu himen,e disse que so confiaria isso a mim,e eu nao teria coragem de sexo com outra se nao fosse ela,marcamos de nos encontrar,mas nao pude ir pois estava trabalhando muito,entao ela me fez promete-la que eu estaria em sua formatura,eu prometi e ate la,continuamos nos falando todos os dias trocando juras de amor,ate que o dia chega,viajei para Minas,ela queria que eu me,hospedace em sua casa,mas preferi ir pra um hotel,cheguei pela parte da tarde,mas nao a avisei,por varias vezes pensei em nao comparer a formatura,pensei ser loucura,mas ja tinha viajado e nao iria desepic

Minha doutora preferida

Meu nome é Lívia tenho 22 anos de idade, sou loira 1,70 peso 70 kls, tenho um corpo bonito, peitos e bum bum avantajados, costumo chamar atenção, e por onde eu passo as pessoas costumam dizer que eu não pareço ser Lesbica, apesar de ser assumida e saber oque quero. Eu tenho um relacionamento serio a 5 anos, moro com a minha mulher, não sou de trair, não gosto de mentiras, mas infelizmente minha namorada veio a me decepcionar ao longo do nosso relacionamento, cheguei a desculpa-la e nunca pensei em devolver o troco.

Apaixonada por negras e mulatas

Tenho 18 anos, tenho um corpo sexy, uma boa altura, me considero bonita. Nuca fui chegada em namorados, mas gosto de ir ao clube e shopping, só para ver as meninas de biquíni ou bem vestidas desfilando . Não sei ainda não tive nenhum relacionamento lésbico, mas acho que sou.

Gosto mesmo é de ver sas “mulatas” ou “negras”, me dá um frison total.

A minha submissa

Uma noite de lua linda... Janta a luz de velas, uma boa comida, um bom vinho, uma música suave... Revelações quentes, fortes e assustadoras...
"Y" vestindo um vestido preto solto de alça, salto alto, maquiada e cabelos soltos... Estou de calça jeans, camisa de botão branca listrada de mangas curtas e descalça...

A prostituta

Essa história é real.
Olá, me chamem de Vika, tenho 18 anos, 1,51 de altura, corpo sexy, cabelos negros e pele morena.
Bom... tudo começou quando me dei conta de que estava há um bom tempo sem transar. Foi então que eu decidi baixar o tal do app em que vc pode 'curtir' pessoas e bater um papo.
Quando uma garota linda, chamada Aline, me chamou no chat. Ela tinha um corpo extremamente sexy, cabelos compridos e castanhos. . Era um tesao de mulher
Conversamos durante alguns dias, e sempre aquela conversa safada. Até que ela me disse que era GP - garota de programa, e que na verdade morava no Rio e estava aqui em sp com um cara, mas estava louca pra transar comigo, e que ela seria incapaz de cobrar algo. Eu não perdi tempo e disse que tinhamos q marcar urgente pra nos vermos.
No dia seguinte, sábado, estávamos nós em um shopping. Nos encontramos e fomos direto p um motel.

Dando o troco no marido

ola pessoal tudo bom? meu nome é lucinha tenho 20 anos moro ha Bahía cidade de Porto seguro, sou mulata cabelos grandes olhos escuros tenho 1 metro e 65 de altura, peso 67 kls (bem divididos, cochas grossas, seios normais, durinhos, bunda normal e etc.. dizem q sou muito bonita,) bom depois dos 18 anos comecei a ler contos eróticos nesse site, sobre varios contos, até q resolvir ler um conto lésbico, gostei muito me dispertou uma grande curiosidade, principalmente dos contos q envolvía tesolrinhas o famoso colar velcro, eu tinha uma vontade imensa de saber a sensaçao de uma buceta na outra, visto que era etero e não queria q ninguém solbesse desse meu fetiche, fiquei na vontade.

Procuro mulheres

SOU ESCRITORA ERÔTICA NAS HORAS VAGAS. SOU LEITORA ASSÍDUA DE REVISTAS MASCULINAS DESDE 1987,EU PUBLICO ANÚNCIOS,RESPONDO ANÚNCIOS.ETC.

Viajando com a professora - parte 1

Eu de bobeira com meus amigos no pátio como de costume, quando no fim do intervalo passa uma professora nova jovem, bonita, e cheia de estilo, perguntei quem era mas ninguém conhecia só disseram que era nova professora do TI fiquei encabulada em como aquela olhada mecheu comigo, e o pior ela me pegou olhando. Passei o final do semestre e mais um tempo sentido coisas estranhas, terminei com meu namorado e as coisas só pioravam, mas mantinha a discrição até que um belo dia me chamaram pra uma feira da área, topei, mas não confirmei. Meus amigos iriam além de que conhecia quase toda o TI era uma boa oportunidade pra me atualizar Já que também já tinha feito técnico, um mês depois já havia esquecido q precisava confirmar, me ligaram faltando uma semana dizendo que só restava uma vaga se eu realmente iria,confirmei e preparei tudo as pressas .

Médica substituta

Meu nome é Marina, tenho 28 anos, sou de Floripa, mas moro em Curitiba. Pele clara, mas bronzeada, olhos verdes cabelos castanho claro. Corpo normal, sempre que consigo um horário faço pilates e corrida, academia não é comigo.

Bom, sempre consultei com o mesmo ginecologista, não gosto muito de médicos, muito menos dessa área, então me apeguei com esse médico de longa data. Marquei minha consulta periódica, a cada 6, 8 meses, e lá fui eu. Era uma quinta-feira, final de tarde, acho que era a última consulta, sempre escolho início da manhã ou final da tarde por causa do trabalho.

Entrei no consultório, já fui falando coma secretária, fiz a fichinha e fiquei esperando ser chamada. Estranhei, pois o Dr. Sempre ia nos receber na porta, aquele dia a secretária chamava e já entrava a paciente direto.

A aula dos sonhos