Televisão

warning: Creating default object from empty value in /home/maite/public_html/modules/taxonomy/taxonomy.module on line 1390.

Maite Schneider entrevista a turma da peça "O enigma" - sucesso dentro do trem

 Em "O Enigma" o público é levado para uma viagem no único trem de luxo do Brasil

Uma peça teatral que começa a ser encenada em uma estação ferroviária e continua dentro de um trem de luxo em movimento. Essa é a proposta do espetáculo "O Enigma" produzido pela Companhia de Teatro Barracão EnCena e que conta com o apoio da operadora de trens turísticos Serra Verde Express. Inspirado na obra "Assassinato no Expresso do Oriente", de autoria da dama dos romances policiais, Agatha Christie, a trama recheada de suspense e mistério promete envolver o público, que tem participação direta na resolução do caso.

Tal qual o Expresso do Oriente, considerado um dos trens mais luxuosos do mundo, "O Enigma" se passa no único trem de luxo do Brasil, o Great Brazil Express, operado pela Serra Verde Express, em Curitiba (PR). A trama tem início no saguão da estação rodoferroviária e continua a bordo do trem em movimento. Com duração de 70 minutos, o espetáculo de gênero comédia, tem classificação livre e capacidade para um público de até 150 pessoas por apresentação. Ao final, o espectador que desvendar a trama, ganhará uma viagem de trem.

Com apresentações marcadas para os dias 1, 2, 8, 9 de abril às 19h30 e nos dias 3 e 10 de abril às 20h30, os ingressos têm um custo de R$ 50 e R$ 25 para meia-entrada. A compra das entradas pode ser feita na Serra Verde Express, na Avenida Presidente Affonso Camargo, 330 - telefone (41)3888-3488 ou no Teatro Barracão EnCena, na Rua 13 de Maio, 160 e pelo telefone (41) 3223-5517 e também no www.ingressorapido.com.br

Roteiro: Carla Rodrigues e Juscelino Zílio
Direção: Juscelino Zílio
Elenco: Ade Zanardini, Alessandra Costa, Alessandro Ferreira, Ana Paula Machado, Dayres de Conto, Felipe Aufiero, Ise Ayres, Lucas Buchile, Moa Leal, Odair Gomes, Rafael Cunha, Rafael Pedretti e Vivi Gazotto

 


Seu navegador não suporta o vídeo.

 

Maite Schneider e Edson Bueno em Minha vontade de ser Bicho

Maite Schneider conversa com o dramaturgo Edson Bueno sobre sua mais recente peça e mostra trechos da mesma

O que diferencia o homem do animal? A natureza humana é primitiva? O que nos aproxima de nós mesmos? Questões como essas são levantadas na obra de uma das escritoras mais controversas de nossa literatura. Clarice Lispector falava que escrevia para ficar livre de si mesma. Também falava que escolher a própria máscara é o primeiro gesto voluntário humano e solitário. Colhendo essas e muitas outras frases e pensamentos de Clarice e apresentando um pouco da personalidade intrigante da escritora o Grupo Delírio Cia. de Teatro abre a temporada de espetáculos do Teatro Novelas Curitibanas 2011.

Três mulheres, três histórias que se intercalam e em comum a escrita indefinível e mágica de Clarice Lispector. Com adaptação e direção de Edson Bueno o espetáculo "Minha vontade de ser bicho" fala de vida e morte, amor e renúncia, o significado da felicidade e sentimentos íntimos presentes num espetáculo de comunicação aberta. A peça trata também de descobertas. Uma das características da literatura de Clarice Lispector e a tomada de consciência da própria vida, a partir de acontecimentos banais ou não.

"As três mulheres dessa peça (que se assume como tal perante o público, num exercício de metalinguagem) passam a refletir sobre a verdade que nunca permitiram viver e sobre os sentimentos que por mais que tentem, não conseguem expressar com palavras", explica o diretor Edson Bueno. Outro aspecto do espetáculo, de acordo com Bueno, é a pura literatura das palavras. "As palavras que ditas ou escritas nunca conseguem expressar a verdade. São como flores de plásticos que imitam as verdadeiras, mas nunca serão sequer silenciosas como elas", diz o diretor.

"Minha Vontade de Ser Bicho" é uma continuidade da longa trajetória do Grupo Delírio Cia. De Teatro, que tem como ponto de partida o teatro da palavra, o uso da literatura como material de cena e a linguagem do teatro apoiada na interpretação. "Encenar pedaços humanos é o grande desafio do trabalho. Uma busca desesperada de entender porque a despedida pode ser o princípio das coisas. E há tanta Clarice Lispector que pode servir de guia para esta busca", finaliza Bueno.

Serviço
Minha vontade de ser bicho
Grupo Delírio Cia. de Teatro
Adaptação e Direção: Edson Bueno
Elenco: Diego Marchioro, Janja, Márcia Maggi, Pagu Leal e Tiago Luz.

 

Seu navegador não suporta o vídeo.

 

Maite Schneider mostra o desfile da coleção de inverno/2011 da Heroina no PBC e entrevista Alexandre Linhares

 Maite Schneider mostra o desfile da coleção de inverno/2011 da Heroina no PBC - Paraná Business Collection e entrevista o talentoso e criador Alexandre Linahres. (19/02/2011)

A grife Heroína tem apenas três anos. Mas a coleção apresentada na mostra Ideia Moda parece ter saído da cabeça de um designer bem mais maduro e experiente. Linhares vem se aperfeiçoando na linguagem da moda: evolui com firmeza, pois consegue, como poucos, unir arte, técnica e criação.

Impactante é o mínimo que se pode dizer do show apresentado no PBC. A inspiração, de acordo com Linhares, é Deus e a criação do mundo.

Por isso, o áudio era composto por ruídos que chegavam a incomodar – mas casaram perfeitamente com o que se viu na passarela. Gritos de uma mulher “parindo o mundo” e sons de água e animais, na trilha composta por César Munhoz, fizeram fundo a looks inebriantes.

Os vestidos e camisetas criados por Linhares têm um trabalho minucioso de nervuras e cordões que, de acordo com ele, são a evolução da técnica de moulage (construção e costura da roupa no corpo da mulher), que ele domina e utiliza desde que começou a carreira de estilista.

Graças a essa ideia, cada peça da coleção pode ser construída e modelada de diversas formas, no corpo, ao ser trajada. Mas os cordões não são apenas funcionais – são ao mesmo tempo linguagem, conceito, ferramenta e marca.

O branco (o “nada”, diz Linhares) está em todas as peças, quase sempre por inteiro. Os poucos tons que aparecem “borrando” o branco representam momentos da criação do universo, explica o designer: marrons e verdes são da terra e da água, enquanto vermelhos e rosas lembram o surgimento do ser humano. (Bia Moraes)

 


Seu navegador não suporta o vídeo.

Maite Schneider entrevista os atores da peça "Sonho de uma noite de verão"

Maite Schneider entrevista a diretora de "Sonho de uma noite de Verão" - minha amiga Silvia Monteiro e todo poderoso elenco. Em cartaz no Barracão Encena, em Curitiba, até dia 27 de fevereiro. Sábado às 21 horas. Domingo às 19 horas.

Elenco: Ademar Volpi, Cinézio Neto, Luann Vianna, Felipe Aufiero, Eliete de Paula, Rafael Cunha, Cinézio Neto, Danúbio Macêdo, Ivanise Aires, Fabiana Ravaglio, Raquel Schaedler, Silas Missias, Alessandra Costa, José Valili Júnior, Emmanuele Mainart, Vivian Lemos, Luciana de Oliveira, Elisane de Oliveira, Juliano Droppa e Verônica Teixeira.

www.teatrobarracaoencena.com.br


Seu navegador não suporta o vídeo.

 

TV Casa da Maite - Confira os shows especiais com Danielly Fontanelly e Aninha Butterfly

 Maite Schneider apresenta os incríveis shows especiais com Danielly Fontanelly e Aninha Butterfly, direto da Manhattan em Curitiba .

Endereço:
Alameda Augusto Stellfeld, 199
Centro, Curitiba / PR
Horário de atendimento:

Sexta a sábado, a partir das 23h30. Domingo, a partir das 16h.
Telefones:
(41) 9602-2852

 


Seu navegador não suporta o vídeo.

 

Maite Schneider entrevista a "Minha Nossa Cia Teatral" - mostrando seu novo trabalho

Maite Schneider conversa com a turma da MINHA NOSSA Companhia de Teatro e sabe um pouco mais deste trabalho que é feito para crianças e adultos.

Para contratar este lindo espetáculo para sua cidade o contato direto é bancobranco@gmail.com

Em “tempos de guerra”, onde acontece a desconstrução frenética do ser, compartilhar o amor torna-se obrigação. Refletindo sobre esta colocação nasce, apartir de uma oficina de dramaturgia o texto: O HOMEMDO BANCO BRANCO E A AMOREIRA. Partindo do texto e dos jogos teatrais os atores criaram sua dramaturgia corporal. Em uma estética minimalista o espetáculo comunga com os espectadores uma singela história de forma lúdica e poética. A peça conta a história de um homem que espera seu amor perdido nos trilhos do “tremtempo”, para juntos compartilharem os frutos da amoreira, a árvore do amor

O espetáculo “O homem do banco branco e a amoreira” é resultado do projeto de pesqui-a desenvolvido na disciplina “Pesquisa no Ensino do Teatro”do 3º ano do curso de Licenciatura em Teatro da Faculdade de Artes do Paraná, com o objetivo de, a partir do ensino de teatro, identificar de que maneira os jogos teatrais, enquanto metodologia de ensino do teatro, contribuem para a construção de um espetáculo. Assim, pretendeu-se também compreender o processo de criação deste e examinar e identificar seus elementos constituintes, além de construirum espetáculo a partir dos jogos teatrais

Ficha técnica Texto e Direção - Léo Moita Assistente de Direção - TalitaNeves Elenco - Fernanda Perondi e Léo Moita Sonoplastia - Léo Moita e Varlei Janei Cenografia - Varlei Janei Iluminação - Raul Freitas Figurino - Ailime Huckembeck Maquiagem - Raul Freitas Operação de Som – Bruno Nicoletti

 

 

Maite Schneider entrevista a diretora Silvia Monteiro e todo o elenco da peça Otelo (sucesso em Curitiba)


 

 


 

 


 

 

 

Sinopse
 
A história dentro da história apresenta a maldição a que são lançados estes seis personagens: Otelo, Desdêmona, Iago, Cássio, Emília e Rodrigo. Há  quatro séculos eles vagam recontando a própria história. Os narradores são, na verdade, os próprios personagens, marcados por quatro séculos de danação. A narrativa e a ação são quase fundidas, a narração são fragmentos de memória, a ação são fragmentos da vida.
 
No palco nu, estas seis figuras carregam em si, sua travessia pelo tempo. Nas roupas, nos cabelos, vão juntando elementos de todas as épocas em que viveram.
 
Ficha Técnica
 
Dramaturgia e Direção: Silvia Monteiro
 
Produção: Danilo Avelleda Espetáculos Teatrais
 
Direção de Produção: Mevelyn Gonçalves
 
Cenário: Ruy Almeida
 
Figurinos e Adereços: Ricardo Garanhani
 
Iluminação: Nádia Luciani
 
Sonoplastia: Cleber Hidalgo
Caracterização e Maquiagem: Marcelino Miranda


 

 
Elenco
 
Danilo Avelleda
 
Mevelyn Gonçalves
 
Luiz Carlos Pazello
 
Pagu Leal
 
Juscelino Zílio
 
Rubens Siena
 
 
Serviço
 

Local: Teatro Barracão EnCena – Rua Treze de Maio, 160 (próximo ao Teatro Guaíra)
Datas: de 07 a 29 de novembro, terça a domingo
Horário: 21 horas
Ingresso:

Sessão popular: terça, quarta e quinta: inteira R$ 10,00 e TODOS pagam meio ingresso: R$ 5,00

Sexta, sábado e domingo: R$ 15,00 inteiro e R$ 7,50 meio ingresso.

Classificação: 14 anos
 

 

 

 

Maite Schneider entrevista a turma da Quimica do Amor

Maite Schneider entrevista Juscelino Zilio, Junior Costa, Marisa Francisca, Mevelyn Gonçalves - que estão fazendo sucesso há 4 anos com a peça "A química do amor" em Curitiba

Para falar diretamente com Maite, basta enviar um email para casadamaite@gmail.com

E para ver mais videos.. so ir em www.casadamaite.com/videos_maite


 

Maite Schneider entrevista Edson Bueno-25 anos Grupo Delirio

Maite Schneider conversa com o diretor, escritor, ator e multi-talentos EDSON BUENO no Festival de Teatro de Curitiba. O Grupo Delírio (do qual Edson e Áldice Lopes são os fundadores) completou neste ano 25 anos de existência. Foram espetáculos maravilhosos e que deixaram saudades nesta trajetória e Edson conta, em primeira mão, tudo o que vem pela frente.

Não esqueça de mandar um email contando o que achou... Meu email direto é casadamaite@gmail.com

Para ver mais videos especiais meus basta acessar www.casadamaite.com/tv


 

Maite entrevista o talentoso ator Marcio Meneghel

Ator, autor e diretor. Recebeu mais de 20 prêmios nacionais e internacionais em 12 anos de atuação. Integrou grupos de teatro de Erechim e Passo Fundo. Realiza performances em feiras, eventos e empresas, como os lançamentos dos automóveis da Pampa Volkswagen, da qual é garoto propaganda. Em sua formação, tem inúmeros cursos, além de festivais e encontros de teatro por todo o país.

Não esqueça de mandar um email contando o que achou... Meu email direto é casadamaite@gmail.com

Para ver mais videos especiais meus basta acessar www.casadamaite.com/tv


 

Peru: Censurado programa que revelaria político gay

O jornalista Ramón Azabache denunciou à imprensa peruana que o seu programa de televisão "Jaque Mate", transmitido por uma emissora local da cidade de Trujillo, ao norte de Lima, sofreu censura porque exibiria uma entrevista com o poeta gay, André Coyné.

Durante a entrevista, Coyné revelaria a homossexualidade de Víctor Raúl Haya de la Torre, político fundador do partido do atual governo, a Alianza Popular Revolucionaria Americana - APRA.

Cingapura: TV processada por mostrar casal gay

Um canal de TV de Cingapura está sendo processado pelo governo do país por ter levado ao ar um programa sobre a vida de um casal gay com seu filho, "promovendo o estilo de vida gay", segundo definiu o órgão regulador de mídia de Congapura nesta quinta-feira (24).

No início deste mês, o órgão regulador de mídia do país processou o canal de TV à cabo StarHub Vision por exibir um comercial contendo um beijo lésbico.

Maite Schneider entrevista o ator Márcio Meneghel no FTC

Ator, autor e diretor. Recebeu mais de 20 prêmios nacionais e internacionais em 12 anos de atuação. Integrou grupos de teatro de Erechim e Passo Fundo. Realiza performances em feiras, eventos e empresas, como os lançamentos dos automóveis da Pampa Volkswagen, da qual é garoto propaganda. Em sua formação, tem inúmeros cursos, além de festivais e encontros de teatro por todo o país.

Saiba mais sobre a CIA da cidade, uma das melhores trupes teatrais do sul do país indo em http://www.ciadacidade.com.br/

Trechos da peça Porcos Enriquecidos de Edson Bueno

Duas mulheres se encontram: uma neurologista cujo filho, adolescente, foi assassinado com requintes de crueldade e uma autista que desenvolve técnicas de abates de animais.

Doutora Olívia vive a dor da perda trágica de seu filho adolescente, mas segue entrevistando outra doutora, uma autista chamada Sophia, especialista em ciência animal. Mundos diferentes, raciocínios quase opostos. Duas mulheres fortes, inteligentes, importantes, percebem-se vulneráveis, quando se vêem diante da outra.
 

Trechos da peça Contos de Relâmpagos e Homens

Baseado em pensamentos de Guimarães Rosa, o espetáculo conta a história de dois homens que lutam por um cavalo. Um veterinário que precisa matá-lo por razões de saúde pública e um matuto - o dono do animal -, que luta para manter sua vida, a despeito de verdades científicas.

Maite Schneider conversa com Edson Bueno - 25 anos de Grupo Delirio

Maite Schneider conversa com o diretor, escritor, ator e multi-talentos EDSON BUENO no Festival de Teatro de Curitiba. O Grupo Delírio (do qual Edson e Áldice Lopes são os fundadores) completou neste ano 25 anos de existência. Foram espetáculos maravilhosos e que deixaram saudades nesta trajetória e Edson conta, em primeira mão, tudo o que vem pela frente.

Programa da Rede TV! estréia quadro com temática GLBT. Felipeh Campos será o apresentador

O programa TV Fama, da Rede TV!, ganhará em breve um quadro semanal voltado ao público GLBT. Apresentado pelo jornalista Felipeh Campos, o projeto já tem seu primeiro piloto gravado, com Ney Matogrosso como convidado, e passa agora por edição para decidir sua linguagem, tempo de duração e abordagem.

Canal de TV de Cingapura é multado por beijo lésbico

O canal de televisão a cabo StarHub Vision, de Cingapura, foi multado em 7.200 dólares por ter exibido, em novembro de 2007, um comercial com duas lésbicas se beijando - criado para divulgar uma música da cantora chinesa Olivia Yan.

Segundo declarou a Autoridade de Desenvolvimento de Mídia do país, a exibição de cenas com teor homossexual "vai contra as regras de divulgação na televisão, que proíbe propagandas que façam apologia ao homossexualismo".

Ator gay quer tirar coreanos do armário em programa de TV

O ator sul-coreano e gay assumido, Hong Suk-Chun, e a atriz Jung Kyung-Soon, apresentarão um programa intitulado "Coming Out", que tem como objetivo ajudar gays do país a assumirem sua oritentação sexual.

Segundo Suk-Chun, a idéia de um programa em que participantes saem do armário em rede nacional o assustou um pouco. "Uma coisa é se assumir para sua família, e outra para toda a sociedade coreana", definiu.


Conteúdo sindicalizado